A história me pareceu muito mal contada, mas... Como vi as fotos e havia muitos detalhes, vamos lá, vamos acreditar na história. Vi tudo no site Terra. Essa história mostra um guri que, segundo a notícia, tem cinco anos, mas que pelas fotos me pareceu ter no mínimo 10... Um guri muito “robusto” para a idade dele. Até aí nada...

A notícia dizia que o garoto tinha “roubado” um carro para viajar de uma pequena cidade do Estado de Utah, nos Estados Unidos, para ir até a Califórnia comprar um carro Lamborghini. O guri saiu com três dólares no bolso. Tanso. Segundo a família e os amigos, o ladrão é fissurado nessa marca de carro. Desconfio, mas... Vamos lá.

Antes de tudo, como é que o guri sabe dirigir? E como é que ele entra numa estrada federal e sai por aí? Conta a notícia que o guri foi parado pela polícia e devolvido à família, mas... A notícia correu pelos Estados Unidos e vários donos de carros Lamborghini quiseram apadrinhar o guri e deixá-lo dirigir seus carros famosos e caros. Em resumo, essa a notícia.

Será? Não será uma baita publicidade dos carros? Acho que não, olhando para a cara de tanso do guri...

O que sobra dessa história, admitindo-a como verdadeira, é a falta de educação do guri, o crime dos pais que não o educaram contra roubos e desatinos na vida. Ou você acha que um guri educado “sob vara” vai roubar? Vai querer ter um carro de verdade?

Que o guri não tinha cinco anos, ah, não tinha, mas a notícia dizia que sim. Vi as fotos e o guri era um baita xirú... Se os pais tivessem dado para esse guri, já ao nascer, uma cartilha de educação moral e cívica e, sob vara, o mandado estudá-la, duvido que viesse a fazer o que fez.

Ademais, um guri de tão pouca idade tem é que brincar com carrinhos de plástico, sonhar com o Papai Noel e dar bom dia à tia/professora. Duvido que seja educado para isso.

Essa é a questão, os pais não educam e depois se queixam da sorte. E duvido também que o pai do guri não seja igualmente vidrado por carrões. Os frutos não caem longe dos pés... O guri precisa conhecer a “vara”... Sim, claro, a vara jurídica, ô...

Piada

Toda piada é uma verdade fantasiada. Ouvi ontem uma muito sem graça, mas... Sacrossanta verdade. Duas jovens mulheres conversavam.

Diz uma: - “O mundo está mesmo perdido. Hoje a gente vai para a cama com um cara, e no dia seguinte ele já nos convida para jantar”. Você acha graça?

É o que anda por aí, haja vista que não há mais casamentos, há ajuntamentos. Despudor oficial e aceito pelas “famílias”.

Sofrer

O sofrimento faz bem? O diacho é que faz. Quando o ser humano se vê sob a vergasta de um grave sofrimento pensa melhor sobre a vida, avalia melhor o que de fato vale a pena. E se sair do sofrimento, será outra pessoa, bem melhor.

Vai lembrar o que passou e viver mais leve, com menos exigências a vida de agora. No escuro pode estar a luz...

Falta dizer

Frase do escritor americano Henry David Thoreau (1817/1862): - “Não tente convencer ninguém. Ninguém se deixa convencer pelo que ouve, se quisermos mudar alguém façamos o correto. É o exemplo que educa”.

Esses energúmenos que ganham eleições majoritárias não sabem disso? Vivem dando maus exemplos. Justiça. A justiça não há de tardar: 2022 vem aí. Ou antes, depende...

 

Receba as notícias do OCP no seu aplicativo de mensagens favorito:

WhatsApp

Telegram Jaraguá do Sul