O que é que não tem cura? Nosso jeito de ser. Aliás, antes de descer aos porões desta conversa, lembro de uma entrevista que fiz com um médico na Rádio Gaúcha, em Porto Alegre, quando ele disse que o ser humano não muda, só diz mudar quando está na UTI, consciente, aí o sujeito se faz promessas de mudanças... Saído da UTI, alguns poucos dias depois, o até então paciente volta a ser “paciente” do seu jeito de ser... Não aprendeu com o susto. Muitos dizem que aprenderam. E se desmentem nas ações posteriores. Uma pessoa costumeiramente emburrada, chata, criadora de casos, mal-humorada, pessimista, tudo junto ou separado, vai continuar assim até o fim. Se ela mudar em alguma coisa, mudará num comportamento secundário, nunca num comportamento que lhe é “fundamental” na personalidade. Quer dizer, a pessoa só muda nas perfumarias... - Ah, Prates, mas tu nem pareces ter feito psicologia na PUC/RS, como é que tu dizes isso? Exatamente por isso, leitora, por gostar de psicologia e estudá-la todos os dias. O que as psicoterapias nos fazem é aceitar nossos medos e desacertos de comportamento, conviver melhor com eles. Nada mais. E, convenhamos, já é um grande ganho. Voltando ao alicerce desta conversa, você conhece algum pessimista do passado que hoje seja um entusiasta do otimismo? Duvido. Vem dessas verdades, que poucos gostam de admitir, a importância das personalidades afins para sucesso nos casamentos. Se um gosta de chuva e o outro de sol, babaus, vai ser uma briga, um desacerto atrás do outro. O melhor casamento é aquele em que um diz – enforca – e o outro diz – mata... Claro que é um exemplo estúpido, mas é para que tudo fique muito claro. De minha parte, cansei, cansei mesmo, de andar com bilhetinhos codificados para me lembrar do que eu não devia fazer... rasguei-os todos, nunca funcionaram. Não que eu me tenha esquecido deles na hora precisa, mas por discordar deles, simplesmente... Quer dizer, o estúpido vai continuar estúpido. Aliás, já disse aqui também que nunca mais me fiz promessas na passagem de ano, cansei de fazê-las solenemente aos meus deuses à meia-noite do dia 31 de dezembro, e... No outro dia já nem lembrava mais. Somos assim, burros empacados no que não presta. No que presta também não mudamos. Quem é bom em algo vai continuar bom nesse algo. O ser humano é um caso... Perdido? Pois agora... Escolha Se fosse feita a votação, muitas pessoas mentiriam. A pergunta seria: você prefere ter muito dinheiro e viver encrencado ou ser pobre e feliz? Quase todos diriam que preferem ser felizes. Mentirosos. Vê-se nas esquinas pessoas vendendo a alma ao diabo para terem mais... Felicidade é para poucos, para os iluminados que sabem que para ser feliz basta estar vivo... Falta dizer Um aluno que até agora só levou pau no colégio, você acha que vai se emendar até dezembro e passar fácil pelas provas? Um ova. Vadio só estuda empurrado, e quem estuda empurrado não aprende. Os pais, aí em casa, que o digam...