De nada adianta você ficar olhando para os lados a procurar por desculpas ou culpados pela vida em que você se meteu... Faz muito tempo que “acho” ter me livrado dessa farsa.

Hoje, quando a cinta aperta, digo a mim mesmo: - Tu não tinhas que ter confiado nessa pessoa, tu não tinhas que ter feito o que fizeste achando que serias reconhecido... E por aí.

O que estamos hoje colhendo na horta da vida, infelizmente, foi semeado por nós. Vou puxar a cortina e dizer a que venho.

Venho para dizer que todo o poder de sua vida é seu, de ninguém mais. Já vou explicar. Antes preciso dizer que, afora os males que lhes foram deixados por herança genética ou outros que surgem dos mistérios da biologia, a sua saúde é de sua inteira responsabilidade.

O que você come, o que você bebe, o exercício que você faz ou deixa de fazer, os pensamentos que vegetam em sua cabeça, tudo isso forma a sua saúde, não invente desculpas. O poder é seu.

Sua vida profissional depende só de você, não do chefe ou da empresa, afinal, se você se garantir no que faz, ninguém o obriga a trabalhar aqui ou ali e a submeter-se ao que não lhe é digno. O poder é seu, não o terceirize.

Sua vida afetiva, com amigos, esposa ou marido depende de você, de suas escolhas, de suas habilidades sociais, tudo está em sua palma da mão. Não me venha com conversa mole, do tipo ele casou, ou ela, e se revelou, não era nada daquilo que parecia...

Desculpa fria, a culpa é sua, minha, de quem quer que tenha sido “cego” para não ver o que tinha e podia ser visto... O poder é seu para ter uma vida afetiva prazerosa...

Viver inquieto, angustiado, só vendo erros, com poucas esperanças? O poder é seu para mudar sua cabeça, vale dizer, a culpa é sua por tudo isso. Eu que o diga a mim mesmo...

A sua segurança pessoal não depende da polícia, a polícia costuma chegar depois da tragédia ou do problema, a pessoa tem que se cuidar, cuidar de sua casa, não andar por aí sirigaitiando e esperando segurança absoluta.

Enfim, o que nos é significativo na vida depende de nós. O poder é nosso. Mas reconhecer isso incomoda, ô, se incomoda.

Posturas

Encontrei um sujeito que seleciona garotas para fazer publicidade de produtos de uma grande empresa. Publicidade trocada a cada mês. Na seleção de candidatas, aparecem gurias lindas, espertas... Uma delas superou todas as outras, dias destes.

Era uma miss além de ser superdotada em vivacidade, porém... Tinha os braços tatuados. Não foi selecionada e nunca vai saber da razão. Vivo dizendo isso, mas as ... se acham “modernas”. Colhem...

Crenças

Se fosse gente lá do meio do mato, seria compreensível.

Assistindo ao programa – Hotéis Incríveis – ouvi o que já tinha esquecido. Nos Estados Unidos muitos prédios não têm o 13º andar, o 13 dá azar.... Tem o 12º, o 14ª...

Que baita estupidez. E na China, os inteligentes por lá (puft) não admitem o número 4, ele dá azar... E o vírus/corona não dá azar? Gentinha não respeita fronteiras.

Falta dizer

Essa história de números da sorte ou do azar é superstição, isto é, crença popular, nada a ver com ciência. Logo, é perda de tempo e corda no pescoço crer nisso. Nada nos dá sorte ou azar senão nossas ações, boas ou más. O resto é crença gerada pela ignorância.

 

Receba as notícias do OCP no seu aplicativo de mensagens favorito:

WhatsApp

Telegram Jaraguá do Sul