O futuro tanto pode ser um anestésico quanto uma faca de ponta, tudo vai depender do modo como pensamos e do tipo de problema por que passamos. Sim, eu sei, se não tivéssemos inventado o futuro não haveria tanto sofrimento, afinal, quem não sabe que, mais das vezes, jogamos nossos medos no futuro e... quando esse futuro chega nada acontece. Perdemos tempo sofrendo pelo nada. Todavia, temos essa ideia de futuro, uma ideia que tanto nos alenta quanto nos assusta. Vem daí que os bichos são muito, mas muito mais felizes que nós, os ditos animais racionais. Nossos bichinhos não têm futuro, não inventaram essa desdita de futuro, vivem no presente e o presente é só o que temos. Ou você já viveu alguma vez no futuro? Este momento de agora é presente contínuo, pode ser chamado de futuro de ontem ou de passado de amanhã. Besteiras inventadas por seres inquietos diante da finitude. Meu Deus, já fui longe e ainda não disse a que venho nesta nossa conversa de hoje.

É o seguinte, estava organizando artigos de jornais para o meu arquivo temático quando dei de cara com uma manifestação do Papa Francisco. Dia destes, ele se mostrou frustrado com católicos que acreditam em horóscopo. Chico tem razão. Ocorre que os católicos não acreditam apenas em horóscopos, acreditam em tudo que lhes possa aliviar a corda no pescoço diante de uma encrenca qualquer. Nesses momentos, a maioria católica corre para outras igrejas, credos, crendices, seitas, o que for, tudo em busca de alívio e dias melhores, que se dane a religião habitual. Isso apenas reforça a certeza de que essas pessoas, na verdade, não acreditam em nada. Será que o Papa não sabe disso? Quem tem fé, quem arde por dentro na certeza do seu credo, não olha para os lados, atravessa o oceano da vida na segurança do seu Deus... É para poucos e, para falar a verdade, nem sei se o Papa tem essa fé arrebatada, sei não...

Mas o Papa pode ficar tranquilo, os horóscopos de hoje não trazem mais “prognósticos” metafísicos ou ameaças e condenações, mudou. Hoje os horóscopos são mensagens filosóficas, conselhos de conduta, nada mais trazem de previsões sombrias. E também não é preciso dizer que pessoas toscas, cedo ou tarde, vão dar com a cara no poste, não é preciso horóscopo para isso. Bom, com licença, vou dar uma olhada no meu Aquário...

Paz

Religiões não produzem paz de espírito, pelo contrário, alimentam medos, ódios, desavenças, sentimentos de culpa, inquietações... Do que precisamos é de Educação Moral e Cívica, deveres cumpridos, direitos adquiridos, e isso vale por paz na cabeça. O mais é estultícia. O bom samaritano não tinha religião...

Falta dizer

Nossas “razões” humanas não nos fazem felizes. Andar na contramão dessas razões não raro nos faz bem, como, por exemplo, ouvir este preceito: “Os que creem no impossível são mais felizes”. É muito duro ter os pés sempre na realidade que faz sentido...