Freud foi genial ao chamar de “Período de Molde” a fase infantil que vai do nascimento até, mais ou menos, os 5 anos. Nesse curto/longo período, o que for jogado na cabeça das crianças ficará com elas para o resto da vida. O que vier depois dessa fase se chama de Compulsão à Repetição, isto é, vamos nos repetir nos modos de agir até o último suspiro. Depois dos primeiros 5 anos de educação, as únicas mudanças de que seremos capazes vão ocorrer nos secundários da personalidade, nunca nos valores fundamentais, os aprendidos no Período de Molde. Vem daí a importância em nossas vidas dos estímulos na primeira infância, os quais, mais das vezes, nos transformam em vítimas indefesas. E uma das principais safadezas na educação infantil vem das educações religiosas, quando somos passivos de condicionamentos estúpidos, não raro, para o resto da vida. Ódios religiosos, condicionamentos para o massacre alheio, para o desrespeito, para todas as ações ruins diante de quem “não presta”. E quem não presta são os outros, das outras religiões ou os do “outro lado do muro”. Melhor é não falar de religião com os filhos “indefesos” ou, então, só falar de fraternidade, compreensões, tolerâncias, amor mesmo... E quem faz isso? Os desmiolados, maioria, vivem demonizando credos alheios e mandando matar em nome de um “deus”, ordinários. Na escola marista, de que fui atento e amedrontado aluno, aprendi sobre as bondades infinitas de deus, mas... Mas também aprendi a tremer diante dos castigos “eternos” de que podia acabar merecedor. Castigos eternos? Claro, para condicionar pessoas a fazer o que queremos, o caminho mais curto é assustá-las, gerar medo nelas... A educação da primeira infância é definitiva, educação moral, quero dizer. E os trogloditas da vida, trogloditas mas “espertos”, sabendo que o melhor modo de obter futuras obediências é o medo, condicionam crianças ao ódio religioso e a certas culturas humanas, tudo visando ao poder, e deus é usado nesse jogo sujo. Saqueiam, fazem terrorismo e matam em nome de um deus? Safados. Quem educa para o amor, para a paz, não vai ter mais tarde bandidos agindo em nome de um “deus”, vai ter pessoas de bem. Mas pessoas de bem hoje são chamadas de otárias. Dá nisso, nesse mundo que anda por aí, para uma pessoa que está a nascer para o bem, para o amor, nascem outras 11 ao mesmo tempo para o mal, para o rancor. Só o Apocalipse nos salva... O quê? Esqueça! Arrepio Como falo com pessoas inteligentes, elas vão entender e não arrepiar os cabelos. Sabes quem é a mulher que melhor conhece sexo, sexóloga incontestável? A garota de programa. Essa conhece o homem chorão, o raivoso, o frustrado, o agressivo, o romântico, o potente e o impotente da vida... Ela conhece a psicologia do sexo e dos homens. E não é coach? Falta dizer Bocejando, tempo sobrando? Acesse o “Canal Luiz Carlos Prates” no youtube. De tudo um pouco, texto, reflexões, comentários, imagens. Lendo o nosso jornal e acessando o Canal, bah, iremos aprontar...