Dois noivos chegam ao altar. Mas como começou o “amor” entre eles? Não começou por amor, essa é a verdade de 98,6% dos casais que chegam ao altar. O que levou os dois, ele e ela, ao altar foi uma inicial atração “corporal”, sexo puro. Um e outro se olharam, agitaram-se os hormônios e ambos quiseram por quiseram se aproximar um do outro e... E a partir daí tudo podia acontecer, amor até esse momento é que não foi, não era... A Natureza, já disse isso aqui à exaustão, vale-se desse desejo entre duas pessoas para preservar a procriação e, por consequência, a preservação da espécie, isso nunca foi e nunca será amor. Amor nasce do tempo, do convívio, das descobertas que encantam, das admirações de um pelo outro e essas admirações, é claro, vão depender dos valores de educação, de ética e moralidade de cada um. O segredo de um bom casamento é a compatibilidade de gênios, há quem chame a isso de almas gêmeas, claro, nos casos positivos, afinal, dois idiotas também são almas gêmeas... A atração sexual é o motivo das nossas “paixões” à primeira vista. Já disse, visa à procriação, coisa típica de bichos, de animais... O diacho é que esquecemos, somos animais, animais com uma cabeça dita racional. Uma ova. Os casais felizes são aqueles que se tornaram grandes amigos, aí sim, aí pode haver felicidade. A estonteante maioria, todavia, especialmente de parte dos homens, vê a relação como cama e mesa. O resto lhes é absolutamente secundário. As mulheres são um pouco diferentes, mas os homens não vivem sem “cama”, amizade é para clube social, pensam... Os grandes, verdadeiros e longevos amores começaram por amizades, contatos diários, descobertas lentas e interessantes de um sobre o outro, até que... - Diacho, como viver sem ela, como viver sem ele? Isso acontece muito nos ambientes de trabalho, onde as pessoas se veem nos bons e nos maus momentos, sem nada terem a ver um com o outro, mas... Na soma das boas descobertas e admirações surge o amor. E aí sim, é amor. Fora disso, é isso que anda por aí, corpos “vazios” se acharam interessantes, uniram-se, procriaram e se afirmaram como bichos, ainda que pensando que um dia se amaram... Ou, pior, que se amam... linha azul Filosofia Jesus, volta logo, a estupidez aqui embaixo é cada vez maior! Fizeram uma pesquisa com estudantes universitários americanos e eles disseram, maioria, que o estudo da Filosofia é irrelevante. Boçais. Lá e cá, aliás. A Filosofia é a ciência do bem-pensar, a mãe de todas as ciências, ela nos faz cidadãos, nos faz ativos e não passivos... Mas para a turma dos “celulares”, Filosofia é irrelevante. Coitados. Falta dizer Há quem diga que o diabo é um baita otário, ele acredita que possa fazer as pessoas ainda piores do que elas já são, burro! O diacho é que ninguém põe essa carapuça. O inferno são sempre os outros... linha azul