Dia destes “ouvi” um jornalista de São Paulo dizer que - “Ninguém parece preocupado em manter aparências”. Ele tem toda razão, preocupação com aparência costuma ser preocupação típica de quem tem algo a perder, isto é, uma pessoa correta, honesta, sem manchas no currículo da vida. De fato, isso está em extinção. Esses safados todos, comprovadamente culpados em acusações da Polícia Federal, em tempos passados teriam se matado... Por quê? Ora, porque não mais poderiam andar na rua, seriam cuspidos, desprezados. Hoje não, hoje são aplaudidos como sabidos, multidões em torno deles dizem que fariam a mesma coisa se pudessem. A vergonha está na UTI, há quem diga que já morreu... Aquela história antiga da mulher de Cezar, o imperador romano, de quem se dizia que não bastava a ela ser honesta, ela precisava parecer honesta, a mais santa das verdades. Nós temos que ser e parecer. É o rigor das preocupações com a aparência que nos devem ser o cartão de apresentação em qualquer situação. – E o que tu achas do fulano? – “Ah, por ele ponho a mão no fogo”! Não é bonito isso? E você, por quem põe a mão no fogo? Cuidado com a resposta, nem sempre um “queridinho” justifica essa aposta... Tudo está fora dos eixos, não se sabe mais sobre “quem dorme ao nosso lado”, claro, numa linguagem figurada, porque se fosse deixar a frase no sentido literal ela seria a mais pura verdade... O mundo está espantando a vergonha para o além... Vergonha é para trouxas, otários, mas... Sei de empresas que antes de contratar funcionários fazem uma varredura moral sobre o candidato, ah, que coisa bem feita! É isso mesmo, é o que deve ser feito, afinal, o mundo está cheio de gente que foi ou fez isso e mais aquilo, tem diploma debaixo do braço, sobrenome conhecido, dinheiro, muito dinheiro, mas que não vale uma casca de banana... Eles e elas. Empresas estão descartando candidatos pela “aparência” deles, aparência que não foi cuidada, que foi modernizada de modos que nem vou citar para não ser muito grosseiro. Aparências podem enganar os destreinados e num primeiro momento, mas sempre acabam revelando quem está por baixo delas. Que pena que boas e legítimas aparências estão em extinção. E estão. FOME Quem não se acha bonita precisa passar fome para ficar bonita? Não para mim. Acabei de ler a declaração de uma mulher, dessas que às vezes aparecem na televisão, dizendo que a anorexia chega sorrateira. Não, não chega. A anorexia é uma porta que foi deixada aberta pelas que querem ficar bonitas e assumem passar fome e vão comendo cada vez menos, como se magreza e fome fossem sinônimos de beleza. Coitadas. Mas há muitas – agora – seguindo o caminho dessas. Anorexia é consequência da ignorância. Falta dizer Fuja, corra, são duas espadas muito afiadas apontadas para você: o passado e o futuro. O passado só serve para lamentações, e o futuro para temores. Sábios os que descobriram a felicidade no aqui e agora. Mas é para poucos, bem poucos.