Sempre que me sobra um tempinho antes do chimarrão do fim de tarde dou um pulinho ao Canal Brasil para dar uma olhada no programa A Tarde é Show, na verdade muito mais para ver a Nani Venâncio. Além da Nani, há algumas atrações que me entretém, por exemplo... Um jovem tarólogo, simpático, atilado, faz bem o tipo apreciado pelo povo ardente por previsões, uma ardência gerada pelas inseguranças existências, pelas frustrações e todo tipo de medos. Num certo momento de um programa, uma telespectadora queria saber do futuro dela dentro da empresa em que trabalha, ela disse que estava sofrendo muitas pressões e sentia que estava sendo prejudicada pela inveja de algumas colegas... E ela perguntava se a inveja tinha poder para prejudicá-la. Nesse momento, me desliguei do programa, fiquei com meus conceitos sobre inveja, medos e consequências, vamos lá. Não, querida, telespectadora, a inveja não tem nenhum poder sobre ninguém, salvo... Salvo se a pessoa invejada, e que se sabe invejada, seja frouxa, acredite nessas bobagens. A inveja existe, sem dúvida, e ela tem energias, sim, pode derrubar até poste da Celesc mas... Só terá força se a pessoa invejada acreditar nessa força e se deixar abater, fora disso, neca peteca... Você há de lembrar que “Se tu podes crer, tudo é possível ao que crê”... Nós somos o resultados das nossas crenças. No que acreditamos colocamos toda a nossa força, daí resulta que o que nos acontece costuma ser a consequência dessas crenças, mais das vezes, crenças erradas, crendices, religiosas muitas delas. Acreditar no poder da inveja e do olho gordo, irmãos gêmeos, é assinar um documento de ignorância com a vida. Muita gente já pôs essa assinatura no livrinho do fracasso de suas vidas. A inveja seca os ossos, dizia Salomão, o filho de Davi. Seca os ossos de invejoso, toma! E para terminar esta conversa enjoada, é muito melhor ser invejado que invejoso. E a telespectadora que se diz preocupada com a inveja de colegas que se esforce mais para fazer melhor o trabalho dela, se fizer isso, nenhuma inveja chegará perto dela. Derruba-se a inveja alheia, o olho gordo, com o crescimento pessoal continuado, o que depende só de nós e não da estupidez de invejar alguém. Ponto. E acho bom. Amanhã vou ver a Nani de novo... Muito cuidado Cuidado com essa história de tirar da cadeia ou para ela nem mandar camaradas, bandidos, considerados insanos, sem capacidade de responder por eles mesmos, cuidado. Americanos testaram “loucos” em pátios de hospício e nenhum deles rasgou notas de 100 dólares e tampouco comeu “cocô”, sabiam direitinho do que se tratava... Loucas podem ser as conveniências dos safados. Ferro neles! Falta dizer Abri um livro antigo e dele caiu-me ao pés uma tirinha de papel onde um dia eu anotei que – “Seu corpo está refletindo a sua cabeça”. Pois é, mas há quem ouça isso e vá cortar o cabelo. O que nos incomoda, nos faz adoecer o corpo físico, são os nossos pensamentos, valores, medos, ódios, frustrações e sonhos pequenos, quer dizer, tudo o que pensamos no dia a dia. Mudar isso é fácil, tão fácil quanto mudar o Cristo Redentor para São Paulo...