Tem dias, semanas, que as coisas fluem de uma forma tão linda, que logo pensamos: agora foi, agora destravou, me libertei disso! Mas aí parece que tem dias que sentimos que damos 50 passos para trás. A nossa sensação é de estar regredindo, mas, na verdade, nós não regredimos na caminhada, nós não voltamos ao passado. Nós somente fazemos uma pausa e respiramos.

Tem dias que só precisamos, nos dar o direito de fazer uma pausa e respirar. Essa nossa sensação de dar alguns passos para trás acontece porque geramos muita expectativa de que os próximos passos, o futuro, seria na mesma intensidade que estávamos indo, já que aprendemos a voar, criamos a falsa realidade que vamos voar sempre e a todo momento. O famoso agora vai, agora ninguém mais me segura porque eu vou voar cada vez mais alto.

Ser capaz de voar é diferente de voar sempre. Tem dias que precisamos de pausa. Toda aeronave, por mais potente que seja, precisa ficar um tempo em solo para fazer a manutenção, e encher o tanque para ela seguir seu curso e continuar voando.

Nos colocar para voar na expectativa de que vou produzir, produzir, produzir, vou render cada vez mais, vou dar conta de tudo o tempo todo, é não respeitar o nosso ritmo, é não fazer a manutenção necessária. Assim, daremos pane! Aí começam a surgir nossos sintomas maiores.

Por isso, é necessário entender, que quando nos chega a sensação de que estamos regredindo na vida, é neste momento que o autoconhecimento precisa entrar em ação para acolher nossa emoções e sentimentos e respeitar o tempo de manutenção interna.

O autoconhecimento vai te mostrar como essa manutenção deve ser feita para garantir que você voe alto e cumpra o seu percurso.

Se você está perdida, confusa em como acolher esse momento de manutenção interna, procure um profissional. A Psicoterapia vai te ajudar muito bem!

Um beijo,

Karine Becker Petelinkar

Psicoterapeuta - CRP 06/133876

@karinebeckerpetelinkar

Receba as notícias de Blumenau e região pelo WhatsApp clicando aqui.