Por Nelson Luiz Pereira - conselheiro editorial do OCP

Se a quarta revolução industrial já vinha reinventando a concepção que tínhamos sobre logística, a pandemia do Covid-19 acelerou o processo. Pode-se afirmar que, contingencialmente, vivemos um “boom” de soluções tecnológicas que passarão a reger a vida e os negócios das pessoas.

Consequentemente, além da dimensão logística, muitas coisas terão que ser desaprendidas. Superarão de forma menos traumática, os que perceberem que a solução para esta, e qualquer crise, sempre está dentro da própria crise.

A edição desta quinta-feira (30) do OCP, publica um “case” de sucesso nos comprovando que são infinitas e constantes as possibilidades que a tecnologia da informação nos oferece. Então, se você já incorporou o conceito do Uber como meio de transporte de pessoas, imagine essa mesma dinâmica funcionando no fluxo logístico de produtos!

Com mais de 35 mil downloads já realizados, o aplicativo “Anthor”, espécie de “Uber dos repositores”, é uma nova tecnologia desenvolvida em Curitiba, que revoluciona o processo de como as mercadorias chegam diariamente às prateleiras e gondolas dos varejistas.

O app, que conecta repositores às lojas, com o uso da geolocalização, impulsiona as vendas do mercado e ainda promove inclusão social, pela possibilidade de geração de renda para as pessoas cadastradas no sistema.

Este e outros tantos ‘cases’ nos comprovam que, a curiosidade aliada à criatividade, são diferenciais preponderantes para quem pretende sobreviver e prosperar e criar valor no novo, admirável, impaciente e promissor mundo tecnológico.

 

Quer mais notícias do Coronavírus COVID-19 no seu celular?

Mais notícias você encontra na área especial sobre o tema:

Receba as notícias do OCP no seu aplicativo de mensagens favorito:

WhatsApp

Telegram Jaraguá do Sul