Por Nelson Luiz Pereira - conselheiro editorial do OCP

É notória a desenfreada corrida por respiradores pulmonares, por conta da pandemia da Covid-19. Não há dúvidas da urgência desses equipamentos por parte do sistema de saúde, com o intuito fundamental de salvar vidas.

Como já sustentado aqui neste espaço editorial, a crise pandêmica que ora atravessamos, está nos revelando, com maior nitidez, o padrão diferenciado de sociedade organizada, colaborativa e solidária que nos caracteriza. Tal qual um poderoso antídoto, o envolvimento de nossas empresas tem atenuado o impacto da calamidade, dada a atitude solidária e responsabilidade social manifestadas em prol do combate a essa pandemia.

Um exemplo digno de destaque, e que estampa o padrão empresarial de Jaraguá e região, é a pronta resposta da WEG no desenvolvimento dos imprescindíveis respiradores hospitalares. Obedecendo, em tempo recorde, todos os trâmites de caráter negocial, estrutural, técnico e legal, a multinacional deu início à produção desses equipamentos para uso em UTIs.

Muito contribuirá para suprimento da demanda local, estadual e nacional. Para se ter uma ideia do grau de celeridade, complexidade e eficiência do processo, a companhia precisou adequar, num espaço de pouco mais de um mês, cinco unidades fabris, envolvendo uma equipe de mais de 100 profissionais em regime de força tarefa, em tempo integral, para viabilizar a nova linha de produção.

Uma autêntica demonstração de que, compartilhar ideias, soluções e comprometimento, canalizando forças, respeito, harmonia e sensatez para o lado da positividade, é a fórmula certa para superação de qualquer crise.

 

Quer mais notícias do Coronavírus COVID-19 no seu celular?

Mais notícias você encontra na área especial sobre o tema:

Receba as notícias do OCP no seu aplicativo de mensagens favorito:

WhatsApp

Telegram Jaraguá do Sul