Por Nelson Luiz Pereira_conselheiro editorial do OCP

Buscar a excelência em gestão, sempre será a condição precípua de qualquer organização, seja pública ou privada, que queira se manter viva e atuante.

Se a largada do ano de 2021 nos brindou com a boa notícia do início da vacinação, agora uma segunda notícia é, também, digna de comemoração: Somos o município catarinense com a melhor Governança Municipal, e o sétimo colocado no ranking brasileiro, de acordo com o Índice de Governança Municipal do Conselho Federal de Administração (IGM-CFA), edição 2020.

Esta classificação deve ser motivo de orgulho, e nos diz muito. A mensagem aqui implícita, traduz que, o modelo de governança que vem sendo adotado aqui, corresponde ao respeito que se tem para com o bem público e, por conseguinte, com o cidadão.

Nesse sentido, ao abarcar todas as áreas como, saúde, educação, segurança, saneamento, meio ambiente, recursos humanos, financeiros, fiscais e outras, a Governança Municipal de nossa Jaraguá, tem demonstrado que segue princípios norteadores como: transparência, equidade, accountability e compliance.

Nessa condição, o resultado final a ser obtido sempre será a melhoria dos serviços prestados à sociedade e dos benefícios auferidos pela população. Este padrão de governança, medido pelo Conselho Federal de Administração, vem se somar a outros indicadores políticos, sociais e econômicos, que fazem de Jaraguá do Sul, uma cidade ordeira, colaborativa e desenvolvida.

Obviamente, problemas e desafios sempre se fazem presentes nesse processo, mas, solucionáveis com organização, planejamento e vontade política. Que a governança visionária continue sendo um propósito estratégico do atual e futuros governos, de nosso município, com vistas a uma administração cada vez mais eficiente, sustentável e justa, focando o cidadão como prioridade.