Por Nelson Luiz Pereira - conselheiro editorial do OCP

Estamos vivenciando uma crise humanitária sem precedentes. O caos provocado pela pandemia do Coronavírus atinge a todos, em maior ou menor grau.

Além das fatalidades, toda a sociedade herdará sequelas importantes. No entanto, nada poderá conter o instinto e determinação de reconstruir e tocar a vida à diante. Embora nossa sociedade jaraguaense se caracterize como diferenciada e bem estruturada, não fomos poupados pela Covid-19, nos encontrando no pico da curva, em que pese toda a incansável mobilização da estrutura pública.

O momento requer, determinantemente, harmonia e união de forças. Além de todo o exército público atuando bravamente no combate, é necessário atitude cidadã e senso de coletividade por parte de cada cidadão.

Cada um deve ser um combatente contra este nefasto vírus. As forças poderosas que destacamos na edição OCP de hoje, e que devem estar associadas, formando um exército coeso e forte, são a amizade e apoio mútuo.

Entretanto, essas forças devem transcender a família, amigos ou pessoas conhecidas. Elas devem chegar a todos, indistintamente e indiscriminadamente. Que possamos ajudar e amparar o conhecido e também o desconhecido.

O isolamento físico não impede o exercício do apoio e da amizade. Virtualmente, o abraço, o amparo, a mensagem, a palavra de força, o importar-se, alimentam e energizam a alma de uma pessoa acometida.

Não há outro propósito maior de habitarmos esse planeta, senão para servir um ao outro. Então, precisamos provar agora, que nossa sociedade jaraguaense também é diferenciada diante dessa contingência. Para isso, deixemos aflorar o senso de coletividade, civilidade, solidariedade, amizade e responsabilidade em cuidar de si e dos outros.

Juntos somos fortes e venceremos essa guerra.

 

Quer mais notícias do Coronavírus COVID-19 no seu celular?

Mais notícias você encontra na área especial sobre o tema:

Receba as notícias do OCP no seu aplicativo de mensagens favorito:

WhatsApp

Telegram Jaraguá do Sul