A cartilagem articular forma as superfícies de sustentação de carga de todas as articulações.  Depois da lesão de cartilagem, o potencial de cura é bem limitado porque as células da cartilagem não se multiplicam, não se regeneram. Os avanços da ciência estão caminhando para técnicas de engenharia de reparação tecidual em uma tentativa de regenerar e desenvolver tecidos com propriedades estruturais e mecânicas semelhantes a da cartilagem normal.

No futuro, se a medicina conseguir fazer cartilagem em laboratório, nós, cirurgiões, conseguiremos implantar ou injetar nas articulações esta cartilagem. Atualmente nós temos outras opções de tratamento. O tratamento pode ser clínico, através de remédios, fisioterapia, infiltração e perda de peso, ou cirúrgico.

A fisioterapia ajuda muito, articulações sem massa muscular e mal alongadas, podem ser muito bem operadas, mas não alcançarão bom resultado, se não passarem por um reforço. O paciente também deve perder peso se estiver obeso ou com sobrepeso. Isso porque a cartilagem não suporta bem a carga. Cartilagem gosta de movimentos, mas não de carga ou peso.

Outra opção de tratamento são os remédios. Os remédios mais usados atualmente são o sulfato de glicosamina e condroetina e o colágeno não hidrolisado tipo 2(uc 2) . Esses remédios não conseguem refazer a cartilagem perdida, ou seja, não existe remédio ainda com esse potencial. O princípio dos remédios é ajudar a cartilagem ainda existente a ficar mais hidratada e mais forte.

Outro método muito usado são as infiltrações, também tem boas indicações. São remédios injetados, chamados de viscosuplementação, ou seja, melhoram a viscosidade do líquido articular, ajudando contra a dor e o impacto. Existe uma grande variedade de cirurgias que podem ser realizadas na cartilagem, desde membranas de colágeno, transplantes e microfuros.

A cirurgia de cartilagem também apresenta riscos. Converse com seu médico a respeito.

  • Sobre Daniel Antonio Wulff - CRM 8535
  • Médico dos atletas e pós graduado em cirurgia de joelho e quadril.