A castração é o processo de esterilizar a gata e impedirá que a fêmea produza óvulos que possam ser fertilizados por um macho, bem como impede que o organismo libere hormônios sexuais que os atraiam. As gatas podem ser castradas próximo a puberdade, entre seis e sete meses de idade, visto que fêmeas tendem a ter o primeiro ciclo estral a partir de seis meses.

Há vários benefícios em castrar a gata, o mais importante é que isso pode aumentar significativamente a expectativa de vida, além de evitar ninhadas indesejadas, reduzir a probabilidade de brigar com outras gatas, reduzir a probabilidade de disseminação de doenças transmissíveis, limitar o número de gatos abandonados e, por fim, reduzir os sintomas do cio.

Assim que a gata for castrada, passará a notar mudanças no comportamento – inclusive nos hábitos de alimentação. O apetite pode aumentar de 20% a 25%, mas o gasto energético real cai 30%. Isso significa que é muito fácil a gata comer demais e armazenar a energia extra como gordura, rações específicas para gatas castradas são muito importantes para manter a boa forma.

Se optar por castrar a gata ainda filhote, ela continuará crescendo e, portanto, precisa de uma comida que ajude nisso sem estimulá-la a ganhar peso desnecessariamente. Comida específica, formulada para filhotes castrados, é uma das melhores coisas com que alimentá-la nesse momento. Castrar o gato é uma decisão que pode afetar positivamente a saúde e a vida em casa. Para maiores informações, converse com o médico-veterinário, que será capaz de orientá-lo sobre a melhor forma de agir.

 

Seu Pet! Nossa Amizade!
Cuidados nos bastidores: “soninho dos anjos”

FOTO: divulgação

Contamos tantas histórias emocionantes dos nossos bichinhos de estimação na coluna “SEU PET... NOSSA AMIZADE”, mas pouco mostramos os “anjos” que estão por trás de muitas delas! E hoje vamos falar da competente e querida Dra. Juliana Velloso, anestesista do Hospital Veterinário Amizade, que com muita dedicação e cuidados, coloca os pacientinhos para dormir e com isto, serem operados com segurança e conforto! Poucos conhecem os bastidores desta rotina e lidar com anestesia envolve uma responsabilidade sem tamanho! Imaginem: “manter tantos coraçõezinhos batendo, em muitas ocasiões críticas e difíceis” é uma atividade que envolve muita técnica, dedicação, conhecimento e concentração! Dra. Juliana acompanha minuciosamente seus pacientes antes, durante e após o procedimento anestésico! E no final, mima um a um com este lindo sorriso no rosto! Olha aí a Teodora num colinho gostoso após a limpeza de tártaro! Parabéns Dra.!!!

Mande uma foto e nos conte sua história... seu Pet ficará famoso por um dia! Envie para [email protected] ou através do whats (47) 999926524 – A/C Dra. Daniela