A anestesia, criada para os cuidados específicos de pacientes que necessitam de sedação, relaxamento muscular e ausência de dor, em casos de intervenção cirúrgica, exames diagnósticos ou procedimentos ambulatoriais, requer profissional específico no assunto, que possua grandes habilidades e seja capacitado para executá-la.

O veterinário anestesista, não somente é responsável pelo controle da dor, durante o procedimento, mas também a avaliação pré-operatória do animal, a escolha técnica da anestesia mais adequada, e a manutenção dos sinais vitais, como pressão arterial, batimentos cardíacos e a frequência respiratória, dentre outras funções do organismo.

Dois tipos de anestesia são as mais comuns. Anestesia Geral (onde o animal dorme durante todo o procedimento e o efeito ocorre em todo o organismo). Pode ser a Inalatória ou Intravenosa Total; e Anestesia Regional (onde somente uma parte do corpo é anestesiada e o animal pode ficar acordado ou sedado).

O tipo de procedimento é que vai determinar qual anestesia deve ser administrada, dependendo, também, das condições de saúde do animal. Isso visa diminuir os riscos anestésicos e proporcionar mais conforto ao paciente.

São raras as complicações com a anestesia, atualmente, devido aos estudos e pesquisas nessa área, sendo, hoje, considerado um procedimento mais seguro. Com os equipamentos, técnicas apuradas e principalmente com conhecimento da área, o "anestesista" veterinário consegue minimizar os riscos de acidentes anestésicos, empregando, além do seu conhecimento diferenciado, a perícia e a experiência, necessários para o sucesso do seu trabalho.

Não se deve aceitar informações de leigos ou profissionais sem experiência na área, pois existe muita desinformação sobre anestesia, fato que pode gerar mais dúvidas e medo, além de colocar em risco a vida do animal. Somente o "anestesista" veterinário estará apto a esclarecer todas as dúvidas a esse respeito.

Ouvir as explicações seguras desse profissional reduzirá a ansiedade, quanto ao ato anestésico. É importante que esse procedimento somente seja realizado por um profissional especializado e experiente.

No Hospital Veterinário Amizade, a Dra. Juliana Veloso é a anestesista responsável por fazer todo acompanhamento dos pacientes na rotina cirúrgica.

 

Seu Pet! Nossa Amizade!

Ivete Fofolete salvando vidas!

foto: divulgação

Ivete é uma menina muito linda, da raça Braco Alemã, popularmente conhecidos como “perdigueiros”. Vive numa família com mais cinco irmãos de quatro patas e seus “humanos de estimação”. Ela é uma fofa e por isto é chamada carinhosamente de “Ivete Fofolete”. Mas o que muitos não sabem é que ela desde jovem já salvou muitas vidas! Isto porque é doadora de sangue e sempre que um “aumiguinho” precisa, ela comparece ao Hospital Veterinário Amizade para fazer a doação. Como é muito dócil, se comporta super bem para realizar a coleta do sangue e assim se tornou “doadora oficial”! Se voce tem um cão acima de 25 kg, entre 2 e 8 anos de idade, com a vacinas em dia e temperamento dócil, cadastre-o também para ser doador de sangue e salvar muitas vidas!

Mande uma foto e nos conte sua história... seu Pet ficará famoso por um dia! Envie para [email protected] ou através do whats (47) 999926524 – A/C Dra. Daniela