Neste mês do OUTUBRO ROSA PET é muito importante abordarmos as medidas de prevenção de tumores mamários, com a castração de fêmeas. Muitos tutores se sentem inseguros em levar seu animalzinho para castrar quando se trata de fêmea. Muitos tem medo da anestesia e encaram esse procedimento como algo perigoso e que pode afetar a saúde de sua cachorrinha ou gata.

Por isso, estamos aqui para desmistificar alguns conceitos que as pessoas acabam criando em relação à castração de fêmeas. Primeiro, é preciso entender por que é preciso castrar:

A cadela entra no cio duas vezes ao ano a partir de 8 meses de idade, isso atrai os cães machos causando uma série de transtornos, como “brigas inesperadas”, sangramento constante durante 7 a 10 dias e alterações de comportamento. No casos das gatas, elas podem ciclar mensalmente após o primeiro cio, que também ocorre em torno de 8 meses de idade, uma vez que ele é induzido pela luminosidade, elas costumam ficar mais ariscas, vocalizar intensamente, gerando uma situação de muito stress, uma vez que o instinto a leva a querer fugir para acasalar.

A castração é um procedimento cirúrgico que deve ser realizado em clínicas especializadas, como o HOSPITAL VETERINÁRIO AMIZADE, e consiste na remoção do útero e ovários da fêmea. A presença de um anestesista, exames pré cirúrgicos e a anestesia ideal para o procedimento da paciente são fundamentais para a segurança e redução de riscos que, dessa forma, giram em torno de 0,03%, muito baixo se comparado aos riscos da não castração.

A saúde é um dos fatores mais importantes para castrar uma fêmea, tendo em vista que a cirurgia de castração reduz significativamente o risco de algumas doenças. Foram realizados estudos recentes e constatado que a expectativa de vida dos cães e gatos castrados aumentam em relação aos não castrados. As fêmeas castradas vivem em média 26% a mais.
Veja outras vantagens da castração das fêmeas:

⦁ Câncer – As chances de surgimento de tumores de mama são reduzidas;
⦁ Câncer de útero e ovário – As chances de surgimento de tumores no sistema reprodutor são eliminadas;
⦁ Infecções – As chances de infecções no útero (PIOMETRA) são eliminadas;
⦁ Aumenta a expectativa de vida;
⦁ Evita transtornos e o stress da fêmea durante o cio;
⦁ A possibilidade de gravidez psicológica (induzida por desequilíbrio hormonal) e suas consequências são eliminadas;
⦁ Não há fugas, brigas e crias indesejadas;
⦁ Seu pet fica mais controlado e menos arisco.

 

Seu Pet! Nossa Amizade!
“Negão para adoção...”

FOTO: divulgação

Todos sabemos o quanto “ADOTAR É UM ATO DE AMOR”... e são muitos os pets de rua e abandonados precisando de um lar cheio de cuidados e de afeto! O Negão surgiu numa tarde chuvosa no estacionamento do Hospital Veterinário Amizade... e como todo cão de rua, veio com aquela carinha de “pidão” buscando abrigo e comidinha, pois estava faminto! Descobrimos que era microchipado, havia sido castrado pela prefeitura, mas não tinha tutor. Como o coração de veterinário bate mais forte diante destas situações, foi acolhido e está à espera de uma nova família! Interessados entrar em contato pelo Whats 992746781 ou podem ir conhecê-lo no Hospital Amizade na Rua Roberto Ziemann, 2181 – Bairro Amizade em Jaraguá do Sul! Vamos ajudar o Negão a encontrar um novo lar!!!

Mande uma foto e nos conte sua história... seu Pet ficará famoso por um dia! Envie para [email protected] ou através do whats (47) 999926524 – A/C Dra. Daniela