Foi aprovado ontem requerimento do vereador Luís Fernando Almeida (MDB), que solicita uma audiência pública de caráter técnico e jurídico para tratar sobre a situação do transporte coletivo de Jaraguá do Sul.

Problemas como a falta de linhas, horários, qualidade do serviço prestado, preço da passagem e o contrato vigente da concessão são alguns dos assuntos que a serem discutidos na audiência.

Serão convidados para participar os representantes da Secretaria de Planejamento e Urbanismo, Procuradoria Jurídica do Município, Agência Intermunicipal de Regulação do Médio Vale do Itajaí (Agir), que atua no controle e fiscalização dos serviços do transporte coletivo e representantes da empresa Concessionária do Serviço de transporte de passageiros.

De acordo com o Luís Fernando, que preside a Comissão de Legislação, Justiça, Redação Final e a Comissão de Finanças e Orçamento, o objetivo é unir esforços para contribuir com as queixas dos usuários que utilizam o serviço.

Mudanças são necessárias

Almeida reconhece os problemas do transporte coletivo e acredita que precisa ser melhorado no Município e a audiência é de extrema importância para isso.

“Precisamos ter um amplo debate responsável sobre o tema, por que hoje, ele não está eficiente aos jaraguaenses. É preciso oferecer condições dignas ao trabalhador que acorda cedo todos os dias e aumentar os itinerários, principalmente para os moradores do nosso interior”, reforça.

O vereador também destaca a necessidade de fazer uma análise da planilha de custos da empresa para resolver o atual cenário, que é uma demanda de muitos usuários. A data da audiência deve ser definida até a próxima semana.

Passaporte da vacina

E por falar em debate, o presidente da Câmara de Jaraguá do Sul Jair Pedri (PSD) atendeu requerimento do vereador Jeferson Cardoso (PSL) para realização de audiência pública para discutir a obrigatoriedade da vacina contra a Covid-19 e suas variantes. O encontro está marcado para o dia 2 de março, às 19h, no Plenário da Câmara que fica junto da Católica-SC no bairro Rau.

Pacote de obras

A Câmara de Vereadores de Guaramirim aprovou recentemente pacote de investimentos de cerca de R$ 4,4 milhões para o município. Deste total, R$ 3,5 milhões serão repassados para a Secretaria de Educação, sendo R$ 2,6 milhões para construção de uma creche no bairro Corticeira. Outros R$ 420 mil serão destinados para a Secretaria de Desenvolvimento Econômico para reforma da Estação Rodoferroviária e mais R$ 440 mil vão para a iluminação do Campo do Seleto, no Centro, através da Secretaria de Esporte e Lazer.

SC-414

Ao todo cinco empresas se habilitaram para a concorrência de menor preço ao processo licitatório para execução da obra de implantação e pavimentação da rodovia SC 414; trecho de Luiz Alves ao entroncamento com a SC-108 (passando por Massaranduba) numa extensão de 12,79 km. A próxima etapa deverá acontecer nos próximos dias com a homologação e anúncio da empresa vencedora. Antes, porém a Secretaria de Estado da Infraestrutura e Mobilidade realiza uma minuciosa análise das documentações apresentadas pelas empresas. O deputado estadual Vicente Caropreso (PSDB) reforça que SC-414 é uma interligação importante entre a SC-108 e a BR-470 e que vai beneficiar inúmeras famílias.