O governador do Estado Carlos Moisés (sem partido), mudou a agenda de ontem para conversar com o prefeito de Jaraguá do Sul e pré-candidato ao governo do Estado pelo MDB, Antídio Lunelli. Moisés veio a Jaraguá do para abrir o evento Inovação SC, que aconteceu na Católica de Santa Catarina, mas antes passou na Prefeitura.

O governador e o prefeito chegaram a conversar a sós. O gesto de Moisés é um claro reconhecimento à força política do prefeito e empresário.

Antídio agradeceu a visita e mostrou ao governador o painel de gestão da Prefeitura. Modelo inédito no País que permite acompanhar em tempo real todas as informações da Prefeitura, como despesas arrecadação, obras em andamento e licitações.

Na semana passada, Antídio recebeu a visita do ex-governador Raimundo Colombo (PSD) também um dos nomes ao governo do Estado em 2022 e uma semana antes quem esteve no gabinete dele foi o senador Esperidião Amin (PP).

Parceria à vista?

Nos bastidores já se fala em uma dobradinha entre Moisés e Lunelli cogitando-se inclusive que o governador poderia ir à reeleição tendo o prefeito jaraguaense como vice. Moisés se elegeu na onda Bolsonaro e agora o que corre é que ele se reelegeria na onda Antídio. Só que hoje, o cenário é pró Antídio Lunelli, por isso seria ele o cabeça de chapa e não Moisés, daí o motivo pelo qual o governador estreita a aproximação com o prefeito jaraguaense.

Eleição OAB: Hélio Brasil e Andréia Dota visitam advogados e apresentam propostas em Jaraguá

O advogado e candidato à presidência da OAB estadual Hélio Brasil e sua vice-presidente Andréia Dota, estiveram em Jaraguá do Sul na terça-feira quando participaram de encontro com advogados. Eles fazem parte da Chapa 1 e estiveram acompanhados dos jaraguaenses e candidatos ao Conselho Estadual, Patrick Gai Mercer e Raphael Rocha Lopes. Já à noite, foi realizado um evento no Restaurante e Recreativa Duas Rodas.

O candidato Hélio Brasil tem percorrido as cidades catarinenses para apresentar suas propostas, assim como fez antes do início da campanha ao visitar as 51 subseções com o objetivo de ouvir as críticas e sugestões da classe para definir as ações a serem implementadas.

Na foto da esquerda para direita: Raphael Rocha Lopes, Andréia Dota, Hélio Brasil e Patrick Mercer | Foto: Divulgação