A visita do governador Carlos Moisés (PSL) a Jaraguá do Sul e Guaramirim nesta sexta-feira (28), a partir das 14h, deve ir além do acompanhamento das obras de duplicação do trecho estadualizado da BR-280.

Moisés anunciará mais investimentos para a continuação do projeto, com a autorização do processo de licitação das obras de arte especiais, entre elas a Ponte do Portal que compõem a duplicação e modernização do trecho estadualizado da rodovia.

As obras de arte estão orçadas em R$ 57,4 milhões e incluem, além da Ponte do Portal sobre o rio Itapocuzinho - no limite entre Jaraguá do Sul e Guaramirim, uma passagem inferior próxima ao trevo do relógio em Guaramirim, um viaduto sobre linha férrea (viaduto do Mannes), um viaduto interligando os bairros Guamiranga e Avaí, em Guaramirim, e três passarelas de pedestres nos quilômetros 53.3, 56.3 e 58.2, todas no trecho da rodovia que corta o município.

O deputado Vicente Caropreso (PSDB) foi o primeiro a adiantar a notícia ontem no fim da tarde e destacou a importância desta etapa da obra.

“Estamos totalmente empenhados por essa obra e a licitação das passarelas e viadutos é mais uma passo importantíssimo que está sendo dado. Mostra que a obra é prioridade para o governo do Estado e nos dá a confiança que ela será concluída antes do prazo, em julho de 2021. Vamos tirar 20 anos de atraso com um instrumento que trará a mobilidade e a segurança necessária para quem trafega, vive no entorno da pista e para o desenvolvimento econômico regional”, destacou o deputado.

A obra da duplicação da parte estadual da rodovia está com mais de um terço do cronograma executado e recebe investimento total de R$ 96,3 milhões em 8,9 quilômetros .

Na região

Ontem, Moisés visitou as instalações do Hospital Hans Dieter Schmidt, em Joinville, para acompanhar os trabalhos da unidade no enfrentamento à pandemia de Covid-19 e vistoriou as obras de duplicação do acesso ao Distrito Industrial depois seguiu para o Planalto Norte.

Câmara Federal aprovada ajuda de R$ 4 bilhões para empresas de ônibus

A Câmara dos Deputados aprovou na quarta-feira (26) proposta que prevê o repasse de R$ 4 bilhões da União aos municípios com mais de 200 mil habitantes e também aos estados e ao Distrito Federal para garantir o serviço de transporte público coletivo de passageiros em razão da pandemia de Covid-19.

O texto seguirá agora para análise do Senado. O Projeto de Lei é de autoria do deputado Fabio Schiochet (PSL) e foi aprovado na forma do substitutivo apresentado pelo relator, deputado Hildo Rocha (MDB-MA). Conforme o relator, além das empresas privadas, poderão receber recursos as empresas públicas ou de economia mista que realizem o serviço de transporte.

Os interessados deverão assinar termo de adesão e seguir suas condições para poder receber o dinheiro federal. O socorro deve-se à queda de renda das empresas de transporte público urbano devido às medidas de combate ao novo coronavírus, como isolamento social e fechamento de indústrias e comércio.

Abrangência

Procurado pela Coluna para saber o motivo pelo qual os municípios do porte de Jaraguá do Sul não foram incluídos no projeto, o deputado Schiochet explicou que a proposta inicial apresentada por ele era para cidades com mais de 130 mil habitantes o que incluiria Jaraguá.

Mas, segundo o parlamentar, o relator submeteu o projeto inicial a 300 mil habitantes, depois no colegiado de líderes foi feito um acordo para chegar em 200 mil habitantes.

Para não perder o tempo de aprovar a matéria esta semana, ela foi votada com 200 mil, e agora o Schiochet diz que pretende conseguir o apoio no Senado para reduzir o número e chegar ao da sua proposta original e que pode beneficiar mais municípios.

CURTAS

Kit intubação

O governo do Estado começou a distribuir nesta semana um novo lote com medicamentos do chamado “kit intubação” para 27 unidades hospitalares de SC. O material recebido do Ministério da Saúde irá garantir o atendimento nas Unidades de Terapia Intensiva (UTIs) para tratamento da Covid-19. A distribuição, que atende a unidades administradas pela Secretaria de Estado da Saúde e também filantrópicas, foi definida de acordo com os estoques apresentados pelos hospitais.

Estoque

O envio desta semana garante estoque suficiente para pelo menos 10 dias de consumo, segundo os números apresentados pelos próprios hospitais. Já os medicamentos Etomidato e Fentanil do kit foram distribuídos aos hospitais que apresentavam estoque zerado, prioritariamente, seguido das unidades que possuíam estoque inferior ao necessário para consumo de cinco dias.

Eventos

O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) sancionou esta semana a lei que trata do adiamento ou cancelamento de eventos, serviços ou reservas nos setores de cultura e turismo devido à pandemia da Covid-19.

Pacotes

O texto desobriga a empresa vendedora de ingressos para eventos ou pacotes de turismo de reembolsar o consumidor, desde que assegure a remarcação do evento, serviços ou reservas em até 18 meses, ou disponibilize um crédito para uso em até 12 meses. A medida não agrada a todos os consumidores, mas os senadores garantem que a nova lei tenta não deixar ninguém no prejuízo.

Libras

A Escola do Legislativo da Associação de Câmaras e Vereadores do Vale do Itapocu (Avevi) concluiu esta semana o curso básico de Libras realizado de forma online e oferecido gratuitamente nas redes sociais da entidade. Foram 17 aulas ministradas pela professora Clery Dreher, interprete de libras, contratada pela associação. Quem não participou do curso, poderá agora acessar a playlists com todas aulas e aprender a Língua Brasileira de Sinais que auxilia na comunicação com surdos.

Lucros

Projeto de lei apresentado esta semana na Alesc pelo deputado estadual Fernando Krelling (MDB), pretende dar sustentabilidade às ações voltadas à saúde e ao esporte.

A matéria implementa em SC o Programa Energia é Saúde e Inclusão Social (Pesis), que destina parte dos lucros das Celesc a hospitais filantrópicos, municipais e à Fesporte. A proposta do parlamentar é que 70% dos recursos sejam aplicados em repasses financeiros para os hospitais municipais e filantrópicos. O restante, 30%, deve ser transferido para a Fundação Catarinense de Esporte.

Violência

A Bancada Feminina e a Presidência da Assembleia Legislativa aderiram à campanha “É por elas!”, lançada pelo PSB de Santa Catarina, com o objetivo de fortalecer o enfrentamento da violência contra as mulheres. Intregram a bancada as deputadas Ada de Luca (MDB), Luciane Carminatti (PT), Marlene Fengler (PSD) e Paulinha (PDT).

Audiência

O senador Esperidião Amin (PP) solicitou ao Fórum Parlamentar Catarinense, através do seu coordenador, deputado Daniel Freitas (PSL), que seja agendada audiência de forma remota, com o Superintendente Regional do DNIT em Santa Catarina Ronaldo Carioni, para que o mesmo possa apresentar o planejamento e o panorama referente à instalação de radares nas Rodovias Federais no Estado.

 

Quer mais notícias do Coronavírus COVID-19 no seu celular?

Mais notícias você encontra na área especial sobre o tema:

Receba as notícias do OCP no seu aplicativo de mensagens favorito:

WhatsApp

Telegram Jaraguá do Sul