Em um vídeo que circulou no fim de semana nas redes sociais, o prefeito de Jaraguá do Sul Antídio Lunelli (MDB) destacou que desde março de 2020 até o momento, os investimentos nas ações para enfrentamento da pandemia chegaram a mais de R$ 45 milhões.

Lunelli comentou que nas últimas semanas, o Município acompanha o agravamento da crise em Santa Catarina, com a superlotação dos hospitais e as centenas de pessoas na fila por uma vaga na UTI.

“Temos aumentado o número de leitos de UTI nos nossos dois hospitais. Só no começo deste mês abrimos mais 16 vagas com recursos do caixa da Prefeitura, enquanto aguardamos a regulação do Estado”, disse.

O prefeito ressaltou ainda que outra medida recente tomada foi a cedência de servidores municipais aos hospitais da cidade e lembrou que uma das primeiras ações em 2020, foi criar o Comitê Extraordinário de Combate ao Coronavírus, que completará um ano de atuação nesta terça-feira (23).

Segundo Lunelli, a atuação voluntária tem sido fundamental desde o começo da pandemia, além do empenho de servidores municipais de vários setores que estão atuando integralmente em ações direcionadas ao controle da pandemia.

Ele acredita que única solução definitiva para controlar a pandemia, aliado à consciência coletiva, é a vacinação. Entre as ações tomadas pela Prefeitura para isto, foi a intenção de participar de três consórcios para compra de vacinas por meio da Federação Catarinense dos Municípios (Fecam) em que o Município pretende adquirir 60 mil doses.

Impacto econômico

Na avaliação de Lunelli, que tem servido de exemplo como gestor público para outros municípios, é “preciso preservar a saúde, garantir atendimento, e preservar também os negócios, os empregos e o ganha pão da nossa comunidade. Já tem muita gente passando dificuldade, há um ano essa crise traz incertezas. Não podemos e não vamos ser irresponsáveis”, disse.

O prefeito apelou também para o bom senso da comunidade dizendo que não é hora de festas, encontros familiares, praia ou cachoeira. “Atitudes como essas sobrecarregam nossos hospitais e prejudicam a economia, além de passar um recado errado para sociedade”, salientou.

Foto: Divulgação

 

Interdição

A Prefeitura de Guaramirim fará a interdição de meia pista da Rua 28 de agosto (sentido Guaramirim para Jaraguá) perto do “trevo do relógio” a partir das 7h30 desta terça-feira. Por isso não será possível trafegar no sentido Guaramirim-Jaraguá.

O motivo da interdição é a realização de uma manutenção na tubulação. O acesso de Guaramirim para Jaraguá deve ser feito pela BR-280. O trânsito será liberado via Rua 28 de Agosto quando os trabalhos finalizarem.

Aparelho

Os vereadores Matias Tomczak e Ezequiel de Souza, do DEM de Guaramirim, oficializam nesta terça-feira em sessão da Câmara, a intenção do Município de receber um tomógrafo para o Hospital Santo Antônio. O aparelho poderá ser comprado e repassado pelo governo do Estado. A aquisição foi discutida em reunião dos parlamentares com a Secretaria de Estado da Saúde na última semana. O tomógrafo computadorizado poderá ser utilizado para exames em pacientes com Covid e também para detecção de fraturas, tumores, AVC e outras doenças.

Reforma

Foi aprovado semana passada na Câmara jaraguaense projeto de lei que autoriza o Executivo a investir R$ 1,25 milhão na reforma do prédio que abrigava o Procad, no bairro Tifa Martins. O abrigo do Procad, para crianças e adolescentes, saiu daquele local em 2017 e se mudou para um imóvel no Centro. Isso ocorreu por conta de uma determinação do MP que considerou o antigo prédio inadequado.

Questionamento

Na mesma sessão, também foi aprovado um pedido de informação dos vereadores do Partido Novo, Rodrigo Livramento e Sirley Schappo, que questionam a Prefeitura sobre a futura destinação do prédio – quando este já estiver reformado. Eles perguntam qual será a destinação do imóvel e se a comunidade foi ouvida. Os parlamentares argumentam que é preciso saber essas informações antes de liberar os recursos para a obra. Livramento votou contra o projeto e Sirley Schappo absteve-se.