Com o pedido de licença sem remuneração do prefeito de Jaraguá do Sul Antídio Lunelli (MDB), o vice-prefeito Jair Franzner (MDB) assume o cargo, por um período de 10 dias, desde quinta-feira (1).

A transmissão de cargo ocorreu na quarta-feira (30), durante a 20ª Assembleia Ordinária do Consórcio Intermunicipal de Gestão Pública do Vale do Itapocu (Cigamvali), que reuniu os prefeitos e secretários dos municípios consorciados, da Associação dos Municípios do Vale do Itapocu.

Jair Franzner agradeceu a confiança de Lunelli em deixar a função de Chefe do Executivo em suas mãos e disse que fará o possível para conduzir da melhor maneira possível a gestão municipal.

Lunelli se licencia sem remuneração para tratar de assuntos pessoais e políticos. O retorno dele à Prefeitura está previsto para o dia 12 de julho.

Mais perto

O cancelamento das prévias do MDB, previstas para agosto, não desanimaram Lunelli que busca apoio nos quatro cantos de SC para sua candidatura ao governo estadual em 2022.

Dentre os três nomes do MDB– Dário Berger, Celso Maldaner e Antídio Lunelli- que disputam internamente a candidatura para governador, o prefeito de Jaraguá é a aposta de renovação do partido, basta que se chegue a um consenso interno para isso.

Em suas redes sociais, Lunelli destacou ontem que sua licença é sem remuneração e disse que deve aproveitar este afastamento para percorrer cidades da região da Serra e do Oeste do Estado para “conversar com algumas pessoas e ouvir os anseios de quem acredita que é possível fazer muito mais por SC e pelas pessoas”, comentou.

 

Em busca de recursos

O prefeito de Schroeder Felipe Voigt (MDB), o vice-prefeito Lauro Tomczak (PP), e o secretário de Planejamento, Gestão e Finanças Denilson Weiss, estiveram esta semana em Florianópolis onde participaram de reunião com o secretário estadual de Infraestrutura Thiago Vieira. A audiência foi marcada pelo deputado estadual Fernando Krelling (MDB).

Na pauta, obras importantes para a cidade e região, como a ponte que ligará o bairro Centro-Norte de Schroeder, na região da Menegotti, com a Vila Chartres, em Jaraguá do Sul, cujo projeto já foi protocolado pelo prefeito Antídio Lunelli na Casa Civil. Outro projeto protocolado foi o da pavimentação da rua Alberto Zanella num total de 2 km e com custo estimado em R$ 4 milhões.

“Fomos bem atendidos e o secretário se colocou à disposição para liberar esse recurso”, comentou o prefeito de Schroeder. A pavimentação trata-se de uma reivindicação antiga da população.

Foto: Divulgação

R$ 200 mil

A Câmara de Jaraguá aprovou em regime de urgência ontem, o projeto de lei que autoriza a Prefeitura a investir R$ 200 mil na manutenção patrimonial no Frohab e implantação de equipamentos urbanos em loteamentos que estão em processo de regularização fundiária. O vereador Luís Fernando Almeida (MDB), destaca que possuir uma infraestrutura essencial é o mínimo para uma melhor qualidade de vida aos moradores destes locais.