O governo estadual abriu o processo de licitação da obra de duplicação da SC-108, entre Guaramirim e Massaranduba. O edital foi publicado no Diário Oficial do Estado na segunda-feira.

As empresas interessadas em participar da licitação já podem encaminhar propostas, sendo que o certame acontece em 6 de janeiro. A obra de duplicação vai contemplar 15 quilômetros da SC-108 com orçamento prévio de R$ 212 milhões. O prazo de execução será de três anos.

O deputado estadual Vicente Caropreso (PSDB) comemorou o fato da abertura da licitação. “É uma grande notícia para região. Cerca de 15 mil veículos trafegam diariamente pelo local”, comentou.

O parlamentar é autor de emenda que garante recursos para a duplicação no orçamento estadual. “Nosso gabinete atuou ativamente por essa obra e estamos satisfeitos com o andamento do processo. Agradecemos ao governador Moisés pela sensibilidade e interesse em atender a reivindicação da nossa comunidade, investindo nessa e nas demais obras em nossa região para combater os gargalos da infraestrutura rodoviária e melhorar o desenvolvimento econômico e social e diminuir os acidentes”, ressaltou.

Lançamento

No dia 4 de novembro o governador Carlos Moisés (sem partido) esteve na Associação Empresarial de Guaramirim (Aciag) para assinar o edital de licitação para a obra de duplicação da SC-108. Na ocasião, estiveram presentes lideranças políticas, empresariais e comunitárias.

Representantes da indústria de SC entregam a Bolsonaro propostas para mais competitividade e retomada do emprego em 2022

A Confederação Nacional da Indústria (CNI) entregou ontem ao presidente Jair Bolsonaro documento com 44 propostas para a retomada da indústria e do emprego em 2022. Representantes da indústria, liderados pelo presidente da CNI Robson Braga de Andrade, se encontraram no Centro Internacional de Convenções do Brasil (CICB), durante evento organizado pela entidade. O presidente da Fiesc Mario Cezar de Aguiar, e o vice-presidente regional da Fiesc no Vale do Itapocu, Célio Bayer, que preside a Câmara de Desenvolvimento da Micro e Pequena Indústria, integraram a comitiva.

Os projetos são das áreas de tributação, eficiência do estado, financiamento, infraestrutura, meio ambiente, inovação, educação, comércio exterior, relações de trabalho e micro e pequenas empresas.

Célio Bayer (último à direita), vice-presidente da Fiesc no Vale do Itapocu, integrou comitiva de lideranças a Brasília | Foto: Divulgação/Assessoria Imprensa Fiesc

Complexo Multimodal

O prefeito de Guaramirim Luís Antônio Chiodini recebeu ontem a notícia de que o secretário de Infraestrutura do Estado Thiago Vieira realizou o encaminhamento para que seja feito o plano de trabalho e o termo de compromisso para a possibilidade de destinação de R$ 60 milhões ao projeto do Complexo Multimodal do município e que também vai envolver o município de Joinville.

O pedido de análise e deliberação foi encaminhado ao chefe da Casa Civil do Estado para avaliação da viabilidade para atender o pleito.