A exemplo de anos anteriores, as entidades empresariais de Jaraguá do Sul retomam neste período eleitoral a campanha institucional com o objetivo de conscientizar os eleitores para votar em candidatos que representam a região.

Com o mote "Vote em quem é de casa. Vote em quem você conhece da região", a campanha está apoiada em plataformas de mídias impressas, outdoors, rádio e meio digital, buscando atingir todos os públicos e principalmente as novas gerações de eleitores por meio das redes sociais.

A iniciativa é da Acijs, com apoio das demais entidades que formam o Centro Empresarial de Jaraguá do Sul - CDL, Apevi e os Sindicatos das Indústrias do Vestuário, Fiação e Tecelagem; Metalúrgicas, Mecânicas e de Materiais Elétricos; e de Alimentação.

A ação teve largada na segunda-feira (12) e vai estimular o voto consciente especialmente entre os eleitores mais jovens, valorizando a ida às urnas como um exercício de cidadania, ao mesmo tempo, visando aumentar a representatividade regional junto à Assembleia Legislativa, Câmara Federal e Senado.

A campanha faz referência ao sentido de confiança que o voto a nomes conhecidos representa na relação entre candidato e a sua comunidade, inspirando valores como confiança, intimidade e de proximidade com o eleitor para o acompanhamento do trabalho parlamentar na defesa de pleitos importantes ao desenvolvimento do município e região.

Por meio da expressão popular "É da casa", a ideia sugere que os candidatos que moram perto e conhecem a realidade do eleitorado, podem tornar a representatividade mais efetiva, de fidelidade e de respeito ao voto regionalizado. A campanha é assinada pela Woop Comunicação.

Fake News

Além do incentivo ao voto regional, a campanha também orientará eleitores para a prevenção às notícias falsas (fakenews), e trazer informações sobre o processo eleitoral, funções que competem aos candidatos ao Executivo (Presidência da República e Governo do Estado) e Legislativo (Assembleia, Câmara e Senado), através de um guia do voto consciente que pode ser acessado na página da Acijs na internet.

O colégio eleitoral na região é de 192.670 cidadãos aptos a votar, sendo 122.232 em Jaraguá do Sul, e em Santa Catarina há 307 candidatos a deputado federal para 16 vagas e 605 concorrentes a 40 vagas à Assembleia Legislativa.

Sabatinas

A presidente da Acijs, e do Centro Empresarial de Jaraguá do Sul, Ana Clara Franzner Chiodini, reforça a importância de que o eleitor busque referências dos candidatos e assim participe do esforço por uma representação política cada vez mais qualificada.

Ela cita iniciativas como as sabatinas com candidatos para dar visibilidade às propostas dos candidatos em relação aos pleitos regionais, que as entidades vêm realizando, e a campanha pelo voto consciente, como ações históricas que as entidades cumprem para que a região se fortaleça em sua representação junto ao poder público e tenha retorno merecido por sua importância econômica para o estado e País.

 

Reajuste

A Câmara dos Deputados vai analisar o reajuste salarial para Judiciário, Defensoria Pública e Ministério Público da União. Cinco projetos de lei abrangendo esses segmentos foram apresentados na semana passada e todos preveem reajuste de 18%, que será concedido de forma parcelada entre 2023 e 2024. As cinco propostas serão analisadas agora nas comissões temáticas da Câmara. Uma delas se refere ao Supremo Tribunal Federal com reajuste para os ministros do STF, com implementação em quatro parcelas, até chegar a R$ 46.366,19 em 2024. A remuneração dos ministros do STF é o teto salarial do serviço público e atualmente está em R$ 39.293,32.

A justificativa dada às propostas é que os reajustes visam recompor parte das perdas inflacionárias acumuladas desde a concessão dos últimos aumentos. O impacto orçamentário varia conforme o público atendido. O maior pode chegar a quase R$ 2 bilhões em 2023.