A coordenadora da região Norte do Deinfra (Departamento Estadual de Infraestrutura) Andréa Roveda e equipe, estiveram presentes na sessão da Câmara de Vereadores guaramirense, na terça-feira (7), para prestar esclarecimentos sobre o andamento das obras de duplicação do trecho estadualizado da BR-280, entre Guaramirim e Jaraguá do Sul.

Segundo o que foi apresentado pelo equipe, as obras seguem dentro do prazo previsto: junho de 2022 para as obras de duplicação e abril de 2023 para as obras de arte.

Mas ainda assim, a engenheira Andréa Roveda apontou problemas como a Ponte do Portal. Segundo ela, a obra será concluída em 10 meses, se tudo correr bem.“Falta o deslocamento da rede de gás por parte da SCGás. Começamos as sondagens para passar a tubulação de forma não destrutiva. O deslocamento da rede deve acontecer até meados de julho”, afirma.

Mudança no trevo

Outro ponto que deverá ter mudanças é o trevo do relógio de Guaramirim. A engenheira afirma que um projeto de 2012 foi utilizado para a duplicação. “Vamos fazer uma contagem de tráfego porque o projeto é antigo, de 2012. A ideia é fazer essa contagem e encontrar a melhor solução, até para evitar um gargalo no local. Se for necessário vamos apresentar o projeto de um elevado no trevo”, explicou.

Por fim, outro entrave apresentado para a conclusão da duplicação da BR-280 foi a falta de acostamento junto a uma revenda de carros nas proximidades da Ponte do Portal. Segundo a equipe do Governo do Estado, um acordo judicial deverá ser feito com o proprietário do terreno onde fica instalada a revenda para que o acostamento seja concluído naquele trecho.

A equipe do Deinfra também apresentou detalhes sobre as três passarelas que deverão ser construídas ao longo do trecho de duplicação da BR-280 em Guaramirmim.
As passarelas serão instaladas nos seguintes pontos da rodovia: km 53 – perto do Posto Rudnick; km 56 – próximo ao Komprão e km 58 – próximo a Fameg.

Solicitação

A procuradora da Mulher da Câmara de Jaraguá do Sul, vereadora Nina Santin Camello (PP), a advogada Marília Zimmermann da 23ª Subseção da OAB/SC e o deputado estadual Dr. Vicente Caropreso se reuniram, esta semana, com o presidente do Tribunal de Justiça de SC, desembargador João Henrique Blasi para oficializar o pedido de separação da Vara da Família, Infância, Juventude, Idosos, Órfãos e Sucessões da Comarca do município.

O objetivo é o de desafogar a Justiça e dar mais celeridade aos processos que correm na Comarca, principalmente os que envolvem crianças e adolescentes. De acordo com Nina, a reunião foi bastante positiva e a necessidade da segregação da Vara também já foi identificada pelo próprio Tribunal de Justiça.

No mês passado, foi aprovada na Câmara jaraguaense a moção de apelo de autoria das vereadoras Nina e Sirley Schappo (Novo) e do vereador Jair Pedri (PSD), solicitando a separação da Vara em duas instâncias: Vara da Família, Idoso, Órfãos e Sucessões; e a Vara da Infância e Juventude.

Foto: Divulgação

 

Estacionamento rotativo

O vereador Rodrigo Livramento (Novo) fez uma indicação legislativa, esta semana, em que solicita à Prefeitura jaraguaense melhorias no sistema de estacionamento rotativo da cidade. Dentre as propostas, o parlamentar pede que, quando as pessoas adquirirem um tempo superior ao que for utilizado para deixar o automóvel estacionado, esse crédito que não foi utilizado possa voltar para o usuário a fim de que ele o aproveite em outro momento.

Outra sugestão é para que, quando for adquirido um tempo inferior ao utilizado, que essas pessoas possam estender o tempo estacionado pagando apenas a diferença, e não pagar novamente o valor de início, que é maior. A indicação foi aprovada por unanimidade e enviada ao prefeito Jair Franzner e o secretário de Planejamento e Urbanismo Eduardo Bertoldi para análise.

Moisés no Ceasa

O governador Carlos Moisés (Republicanos) fará uma visita técnica ao Ceasa de Joinville nesta quinta-feira, a partir das 16h30. Ele vai confirmar a estadualização do Ceasa joinvilense, um pleito dos parlamentares e do setor produtivo da cidade.