A Coluna Plenário segue nesta quinta-feira (5) com a série de entrevistas com os candidatos a prefeito de Schroeder.

Seguindo a ordem alfabética, a série iniciou com o candidato a prefeito Adriano Kath (PSDB) seguido de Felipe Voigt (MDB), e hoje é a vez de Harildo Konell (PL).

Depois serão publicadas as entrevistas com Ildefons Berchtold (PRTB), Jair Bridaroli (PSD) e Moacir Zamboni (PDT).

Harildo Konell é professor e concorre em chapa pura pelo PL tendo como vice o empresário Aurino Wudke.

Confira a entrevista:

Plenário – Você já atuou na administração pública por várias vezes e seu vice é empresário, em que o fato de vocês serem de áreas diferentes ajuda nesta candidatura?

Fui secretário das pastas de Agricultura e Educação e chefe de gabinete na prefeitura por três momentos e também candidato a vereador duas vezes, numa delas fiquei como suplente.

Hoje atuo como professor na rede municipal com muito orgulho e meu vice [Aurino Wudke] é empresário há quase três décadas. Formamos uma chapa para oferecer uma oportunidade nova à comunidade schroedense. A gente acredita na importância da renovação e na necessidade que o município tem de uma administração voltada ao cidadão.

Plenário – Como conquistar o eleitor nesta disputa que envolve seis candidatos à prefeitura?

Eu vejo que esse momento político é bem importante, porque oferece oportunidades ao eleitor que busca alguma referência que traga resultado.

São seis candidatos e a grande questão é que o eleitor quer resultados, não quer alguém que não saiba conduzir o município com comprometimento, ele quer alguém que tenha lealdade com o recurso público.

Com certeza nesta eleição vai ter muita novidade. Estou muito confiante nisso porque a gente tem uma participação forte na comunidade, quer seja escolar, religiosa, enfim, e pelo fato de que já passei pela função pública e absorvi muito conhecimento de como funciona uma administração municipal.

Plenário – Quais são os destaques do seu plano de governo?

A gente sabe que todo setor tem sua prioridade. Na saúde, precisamos aumentar a oferta de consultas e exames com especialistas no município.

Na educação, é preciso fazer um investimento amplo em tecnologia nas escolas e na motivação dos professores. Vamos implantar o projeto Professor Nota 10, para premiar e incentivar boas ideias e projetos dos professores em sala de aula. Outra meta é a implantação de uma equipe multidisciplinar com psicólogo, fonoaudiólogo, terapeuta, que vão dar uma atenção especial para as crianças que precisam.

Também vamos trabalhar forte para a ampliação de vagas em CEIs [centros de educação infantil]. Vamos integrar educação com a cultura, oferecendo projetos alternativos no contraturno com atividades recreativas, de esporte, pintura, dança e música.

Para o esporte, queremos criar um espaço completo para a família com academia de ginástica, playground, campinho, pista de skate. Também vamos incentivar novas modalidades esportivas.

Na agricultura, queremos reativar a Casa do Agricultor, que já existia na época que fui secretário, e oferecer capacitação aos produtores focada no empreendedorismo.

No turismo, vamos buscar parceria com uma empresa do setor para planejar e agregar valor a este segmento. Temos nossas belezas naturais e a intenção é oferecer ao turista o produto artesanal e os alimentos produzidos no município.

Na questão da mobilidade urbana, vamos contar com o apoio do senador Jorginho Mello que é do nosso partido, o PL, para captar recursos para pavimentarmos a Avenida dos Imigrantes e para construir mais pontes para desafogar o trânsito na cidade e melhorar o acesso.

Também vamos criar o conselho da juventude e resgatar o projeto “bandas da marechal” em que se apresentavam bandas no fim de semana no Centro da cidade. Para os idosos, criaremos um roteiro onde a terceira idade possa participar de atividades nas sociedades. Vamos reaproveitar o espaço do horto municipal e construir quiosques, trilhas e colocar churrasqueiras e parque para o lazer das famílias.

Pretendemos implantar um centro de zoonoses com a chipagem e castração de animais abandonados. Já no setor de obras, vamos renovar a frota de maquinário para melhorar as estradas e facilitar o escoamento da produção.

Para reforçar a segurança pretendemos colocar câmeras nas entradas e saídas do município. Na parte administrativa, também queremos implantar a ouvidoria para dar mais agilidade às demandas da população.

No saneamento, pretendemos construir reservatórios em pontos estratégicos, e assim acabar o problema da falta de água. E na questão ambiental pretendemos fazer campanhas de conscientização sobre a separação correta do lixo comum e do material reciclável e fazer com que a coleta seletiva funcione de forma mais efetiva, fazendo com que o município gaste menos com o transbordo para fora da cidade.

Plenário – O que você priorizará na formação da equipe de governo, caso seja eleito?

A nossa composição hoje é o PL, sem coligação. Então realmente estaremos escolhendo a dedo os integrantes das secretarias que serão compostas de pessoas técnicas, com conhecimento de causa. Queremos pessoas com atitude, comprometimento e espírito de equipe. Tem que saber delegar, mas também saber buscar o resultado.

 

Telegram Jaraguá do Sul