A Coluna Plenário inicia nesta terça-feira (3) a última série de entrevistas com os 18 candidatos a prefeito dos cinco municípios da região.

Agora é a vez de Schroeder que conta com seis candidatos à prefeitura, o maior número do Vale do Itapocu. As entrevistas começaram por Jaraguá do Sul seguiram com Guaramirim, Corupá e Massaranduba.

Seguindo a ordem alfabética dos nomes dos postulantes à Prefeitura de Schroeder, a série começa hoje com o candidato a prefeito Adriano Kath (PSDB) e seguem com Felipe Voigt (MDB), Harildo Konell (PL), Ildefons Berchtold (PRTB), Jair Bridaroli (PSD) e Moacir Zamboni (PDT).

Adriano Kath é o atual vice-prefeito de Schroeder e concorre em chapa pura do PSDB com o empresário Irineu Grade.

Confira a entrevista:

Plenário – Você é o atual vice-prefeito de Schroeder e concorre numa chapa pura pelo PSDB. Em que isso o ajuda nesta campanha?

Eu fui vice do prefeito Osvaldo [Jurk] nestes últimos quatro anos e isso me ajudou a ter experiência na área pública. Também sou empresário e tenho uma boa noção do setor privado e isso também me ajuda.

Neste período de vice -prefeito me fez aprender muito da gestão pública e eu posso dizer que conheço todas as áreas da prefeitura e isso fez com que eu tivesse esta experiência para ser candidato a prefeito para Schroeder. Fui vereador mais votado de Schroeder em 2012 e dois anos fui presidente do Legislativo, isso também auxiliou a conhecer o Legislativo. O Irineu [meu vice] é empresário e vem com um boa experiência do setor da indústria. É uma parceria que dá certo.

Plenário – Como conquistar o voto numa cidade com pouco mais de 13 mil eleitores e seis candidatos disputando a prefeitura?

Estamos conquistando nossos eleitores através de um plano de governo que seja voltado à população, sem promessas absurdas, porque as pessoas estão cansadas de ouvir de concorrentes que é fácil de ser realizado, quando algumas promessas não são.

Apresentamos ao eleitor o que realmente possa ser feito nos próximos quatro anos, por isso chamamos de uma continuação do que foi feito até agora. Por isso também apostamos por uma chapa pura porque fica melhor de administrar a prefeitura. E sobre o número de candidatos, estamos numa democracia e ter mais candidatos concorrendo é normal, cada um defende suas ideias.

Plenário – Quais são os destaques do seu plano de governo?

Nosso maior destaque é continuar investindo na saúde e um dos principais projetos é instalar um hospital-dia em Schroeder.

Além do Pronto Atendimento [aberto há quase um ano] a população poderá conta com a estrutura do hospital-dia com dois centros cirúrgicos para procedimentos de pequena e média complexidade como cirurgias de catarata, ortopedia e outras especialidades que o município acaba tendo que de levar para fora. A pessoa é internada pela manhã e ganha alta no máximo de tarde.

Também pretendemos ampliar o posto de saúde no Itoupava-açu e assim estaremos com unidades em todos os bairros da cidade.

Na economia, pretendemos focar no turismo, indústria e agricultura. Um dos projetos é criar a Casa do Agricultor para que os produtores rurais possam produzir e vender seus produtos.

Nas rotas turísticas, também queremos incentivar os agricultores e donos de propriedades, que contam com atrativos turísticos, e prepará-los para receber os turistas e também comercializar os produtos feitos por eles.

Na área da indústria, queremos aproveitar a experiência do nosso vice nesta área para trazer mais empresas para o município. Além de incentivar as empresas já instaladas, assim como o comércio local, já que até hoje o município chegou onde chegou graças a eles. Faremos isso em parceria com a Associação Empresarial de Schroeder (Acias).

No esporte, pretendemos construir o complexo esportivo de Schroeder. O projeto já está em Brasília e trata-se de espaço que pretendemos instalar ao lado do atual Centro Poliesportivo. O complexo tem um custo estimado de R$ 9 milhões e o projeto conta com teatro com 2,2 mil assentos na parte interna e fora terá uma área de lazer com espaços para skate, atletismo, basquete, academia ao ar livre, quadras de areia e até choupanas.

Também pretendemos continuar com as obras de mobilidade urbana com as pavimentações no município entre estas a realização da Avenida dos Imigrantes [que começa no trevo de Schroeder e vai até o bairro Bracinho] com cerca de 9 km de extensão.

Queremos ainda construir a terceira ponte na cidade que liga o bairro Centro-Norte [Schroeder] ao São João [Jaraguá] e que também vai auxiliar na mobilidade.

Na educação, pretendemos continuar com a ampliação de creches, já que Schroeder é uma das cidades que mais cresce na região e a demanda por vagas para educação infantil é crescente.

Plenário – O que você prioriza na formação da equipe de governo, caso seja eleito?

Como eu e o Irineu [Grade, vice] viemos de uma chapa pura, poderemos colocar no governo pessoas da nossa confiança, principalmente capacitadas para cada área.

Porque se não temos coligação, podemos trabalhar numa estrutura muito mais fácil de comandar, fazendo uma gestão empresarial na Prefeitura. Também queremos dar oportunidade aos servidores de carreira porque são estas pessoas que já conhecem a administração, sendo nossos braços direitos dentro do governo.

 

Telegram Jaraguá do Sul