A Câmara de Vereadores de Jaraguá autorizou a Prefeitura a investir R$ 6,6 milhões na aquisição e desapropriação de imóveis. O valor será destinado a dois projetos, o de implantação da terceira etapa da Via Verde, no bairro Ilha da Figueira, e da rotatória no bairro João Pessoa, na Rua Manoel Francisco da Costa, no acesso a Schroeder.

O novo trecho da Via Verde vai se estender desde o encontro entre com a rua Benildo Zamin – onde atualmente acaba a via – até a rua Guilherme Tank, perto da entrada da rua Carlos Oechsler. Serão nove desapropriações parciais de terrenos e seis desapropriações totais, com um valor de R$ 5 milhões.

Dos R$ 6,6 milhões autorizados e disponibilizados para as duas ações, R$ 5,8 milhões vêm de recursos próprios do Executivo. O resto, mais de R$ 770 mil, virão de indenizações pagas ao município, através de outorga onerosa, por moradores que fizeram construções entre 15 e 30 metros da beira de rios – as Áreas Urbanas Consolidadas (AUC).

Bacia do Itapocu

O Comitê de Gerenciamento da Bacia Hidrográfica do Rio Itapocu e Bacias Contíguas lançou um folder digital, a fim de disseminar informações sobre o seu papel, área de atuação e um de seus principais projetos em andamento, que foi desenvolvido em parceria com as câmaras de vereadores da região, filiadas à Associação de Câmaras e Vereadores do Vale do Itapocu (Avevi).

O informativo que será distribuído entre os vereadores, é mais uma ação proposta também pela Escola do Legislativo da Avevi que pretende fortalecer o apoio as entidades que atuam na preservação dos recursos hídricos e do meio ambiente.

Biodiversidade

A Avevi convidou o Comitê Itapocu para participar da Comissão da Represa, proposição do vereador Osmair Gadotti (MDB), de Jaraguá. O Comitê Itapocu, por meio de sua entidade executiva, a Univille, visitou o local e elaborou uma proposta para avaliação da biodiversidade aquática da Bacia Hidrográfica do Rio Itapocu.

Data

O prefeito de Corupá Luiz Carlos Tamanini (MDB), assinou decreto prorrogando para segunda-feira (12), o feriado municipal de aniversário da cidade, comemorado nesta quarta-feira (7).

A decisão leva em conta a pandemia e também atende solicitação da Associação Empresarial do município, uma vez que se trata de um período importante para vendas no comércio local e ao mesmo tempo, proporciona um dia a mais de descanso para os trabalhadores do setor, que habitualmente mantém atividade rotineira aos sábados.

Por causa da pandemia, a Prefeitura de Corupá não desenvolverá nenhuma programação especial do aniversário do município.