A Câmara de Jaraguá do Sul aprovou em sessão na quinta-feira (8), o projeto que autoriza a Prefeitura a destinar R$ 350 mil para reformas e obras de acessibilidade para pessoas com deficiência em unidades de saúde.

Os postos de saúde atendidos ficam nos bairros Rio da Luz, Estrada Nova, Rio Molha, Santa Luzia, na comunidade Santo Estevão e no prédio do Serviço de Atenção Domiciliar (SAD) no bairro Amizade.

As reformas contemplam manutenção em coberturas, em estacionamentos, tubulações, pisos e pintura. Uma obra, a da Tifa Martins, já foi concluída, outras estão em andamento e uma vai ser iniciada em breve, a da Estrada Nova. Outras cinco estão em andamento.

O mesmo projeto ainda destina outros R$ 350 mil para pagamento de profissionais da Atenção Básica na Saúde. O Projeto de Lei foi aprovado em regime de urgência e encaminhado para sanção do prefeito Antídio Lunelli (MDB).

Secretário da Agricultura visita região da Amvali na segunda-feira (12)

O secretário de Estado da Agricultura, da Pesca e do Desenvolvimento Rural Altair Silva, visitará municípios da região de Jaraguá do Sul na próxima segunda-feira (12). O roteiro da visita foi construído pelo deputado estadual Vicente Caropreso (PSDB) que fez o convite para Silva vir para região.

O objetivo é aproximar o secretário das cadeias produtivas agrícolas que são destaque na região da Associação dos Municípios do Vale do Itapocu (Amvali), em especial a bananicultura, a rizicultura e a piscicultura. Segundo o parlamentar, será um roteiro para que o secretário possa ouvir as demandas dos produtores da região.

“Temos uma agricultura familiar forte, inovadora e de destaque que precisa de atenção do Estado”, comenta.

O roteiro deve incluir também o município de Luiz Alves e uma visita à Cooperativa da Agricultura Familiar – Cooper Rio Novo, que produz a biomassa de banana de verde, em Corupá. O produto tem rico valor nutricional e Caropreso defende que seja incluído na alimentação escolar da rede pública estadual.

Zoneamento

O vereador Jair Pedri (PSD), fez indicação em que solicita ao Executivo autorizar os pais, que comprovem a necessidade, a matricularem seus filhos em escolas que estejam próximas ao seu local de trabalho, quando houver vagas sobrando. Segundo Pedri, alguns pais e responsáveis relataram que sentem dificuldades nos deslocamentos para levar e buscar seus filhos na escola quando trabalham longe de onde moram.

A ideia é que primeiramente se preencham as vagas considerando o zoneamento por moradia e após feito isso, as vagas que restarem poderiam ser ocupadas por alunos que tenham pais trabalhando perto da unidade escolar. O vereador pediu ao jurídico da Câmara de Vereadores para estudar a questão e, se possível, orientá-lo na criação de um projeto de lei que altere o zoneamento escolar atual no município.

Compra de vacinas

A Câmara dos Deputados concluiu esta semana a votação da proposta que permite à iniciativa privada comprar vacinas contra a Covid-19 para a imunização gratuita de seus empregados, desde que seja doada a mesma quantidade ao Sistema Único de Saúde (SUS). A proposta será enviada ao Senado. Segundo o texto, as regras se aplicam às pessoas jurídicas de direito privado, individualmente ou em consórcio.

Autorização

Além de poder comprar vacinas contra a Covid-19 que tenham registro sanitário definitivo concedido pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), as empresas e associações poderão adquirir aquelas com autorização temporária para uso emergencial ou autorização excepcional e temporária para importação e distribuição.

Será permitido ainda contratar estabelecimentos de saúde que tenham autorização para importar vacinas. Segundo o autor do projeto, deputado Hildo Rocha a proposta não pretende legalizar o “fura-fila”. Ele destaca que a cada pessoa vacinada, são tirados dois da fila do SUS.