O mercado imobiliário oferece ao cliente que quer construir, uma grande variedade de oportunidades de compra de terreno, que são ótimas chances de investimento, mas nem sempre o terreno é plano, muitas vezes sua topografia oferece um obstáculo para o início da construção.

A primeira impressão do cliente é que terá que fazer um grande investimento em horas de máquina para planificar ou aterrar esse imóvel.

Mas nem sempre essa é a melhor solução, um imóvel em um terreno com topografia acidentada traz ao profissional arquiteto a chance de tomar partido arquitetonicamente desta topografia, e fazer dele um elemento para a criação de um projeto único, com uma arquitetura atual, além do aproveitamento do declive ou aclive como elemento funcional.

O projeto em destaque possui a edificação em dois níveis, onde a primeira parte da construção está no nível mais baixo do terreno e a segunda em um nível mais alto.

Este projeto foi idealizado a fim de tirar proveito da topografia onde a parte térrea fica a nível do solo e o piso superior tem uma parte apoiada, que parece flutuante, mas está apoiada em um pilar “V”, que atende a questão estética e estrutural e traz leveza à construção.

A topografia também ajuda a setorizar a edificação onde o piso térreo possui a parte de serviço e o piso superior o setor social e íntimo como salas e quartos.

A casa foi idealizada com muitas partes em vidro, que garantem a iluminação natural e com muitos espaços ajardinados e de convivência. A edificação fica em meio a uma área com muita vegetação em altitude que permite a vista panorâmica. O telhado da casa pode ser acessado e transforma a residência em um mirante.