Os bombeiros voluntários de Jaraguá do Sul registraram 31 ocorrências das 7h às 23h deste sábado (26). Foram oito acidentes, um incêndio e os demais casos eram clínicos, segundo o bombeiro Schaion Ponticelli. Por volta das 11h, uma colisão entre carro e bicicleta foi registrada na rua Domingos Anacleto Garcia, no bairro Três Rios do Norte. Um homem de 50 anos foi encaminhado em estado estável ao hospital, com suspeita de fratura na clavícula e ferimentos na perna esquerda. No bairro Ilha da Figueira, um homem de 56 anos sofreu uma queda de moto na rua José Theodoro Ribeiro, próximo ao Brasão, às 14h08. Ele estava com ferimentos na boca, na cabeça e nas mãos. Foi conduzido em estado potencialmente instável ao hospital. Na Avenida Prefeito Waldemar Grubba, ocorreu uma colisão entre carro e moto às 14h29. Um homem de 29 anos estava com ferimentos leves pelo corpo e foi levado ao hospital. Próximo ao campo do flamenguinho, no bairro Garibaldi, aconteceu um queda de moto às 15h14. Um homem de 22 anos tinha ferimentos diversos pelo corpo, fratura exposta na perna direita e foi encaminhado em estado potencialmente instável ao hospital. Às 15h23, uma menina de 6 anos sofreu uma queda de bicicleta na rua Luiz Sarti, no bairro Nereu Ramos. Ela estava com luxação no joelho esquerdo e foi conduzida ao hospital Jaraguá em estado estável. No Garibaldi, ocorreu uma queda de bicicleta às 16h59 no Ribeirão Cacilda. Uma jovem de 19 anos estava com ferimentos no joelho e nas costas. Ela foi conduzida ao hospital em estado estável. Por volta das 20h50, os bombeiros ainda apagaram um incêndio em entulho no Loteamento Menegotti, no bairro Estrada Nova. Não houve danos maiores. Veja também:  Motociclista fica ferido em colisão com carro no bairro Nova Brasília  Caminhão e carro batem na BR-280, em Jaraguá do Sul  O Brasil está na quarta colocação entre os países americanos mais violentos no trânsito, segundo a Organização Mundial de Saúde. São 23,4 mortes para cada 100 mil habitantes.
Como agir em caso de acidente:
Procedimentos no local: 1 – Verifique quantas vítimas estão envolvidas no acidente; 2 – Sinalize o local para evitar novos acidentes. Utilize triângulos e pisca-pisca do carro ou de outros veículos; 3 – Chame o socorro especializado. Informe o local exato e a descrição das vítimas (homens, mulheres, crianças, idade, sexo, ferimentos visíveis). Os telefones de emergência são: 193 – Bombeiros Voluntários: para fazer o resgate; 190 – Polícia Militar: para registrar a ocorrência no caso de acidentes com vítimas; 198 – Polícia Militar Rodoviária (no caso de acidentes em estradas estaduais); 191 – Polícia Rodoviária Federal (no caso de acidentes em estradas federais). Procedimentos com a vítima: 1 – Mantenha a calma. 2 –Jamais faça a vítima saber qual a extensão real dos ferimentos; 3 – Evite contatos diretos com o sangue ou fluídos orgânicos da vítima; 4 – Evite mover a vítima. Só o faça se houver perigo de agravamento, como no caso de incêndio no veículo; 5 – Durante a remoção, procure evitar que a vítima se mexa, mantenha a posição original até chegada de socorro especializado. Mover uma pessoa acidentada é extremamente complicado e requer o uso de várias técnicas de imobilização.