Foto Divulgação Arquivo/DH
Foto Divulgação Arquivo/DH

O número de homicídios no Vale Europeu caiu 28% nos primeiros 132 dias de 2019, em relação ao mesmo período de 2018. Entre 1º de janeiro e 13 de maio deste ano, foram contabilizadas 20 vítimas. Em 2018, no mesmo intervalo de tempo, houve o registro de 28.

Das 15 cidades que compõem o Vale Europeu, 11 não tiveram vítimas por homicídio em 2019: Apiúna, Ascurra, Benedito Novo, Botuverá, Doutor Pedrinho, Guabiruba, Indaial, Luiz Alves, Pomerode, Rio dos Cedros e Rodeio. A quantidade é menor em comparação com o mesmo período de 2018, quando oito municípios não tinham registrado crimes de homicídio.

Blumenau, a maior cidade da região, já contabilizou 16 vítimas neste ano, duas a menos que 2018. Os outros homicídios ocorreram em Gaspar (2), Brusque (1) e Timbó (1). Ao longo do ano passado, foram 56 vítimas deste tipo de crime no Vale Europeu, quatro a menos em relação a 2017.

Dobra o número de feminicídios em SC

O número de homicídios também caiu no estado no período analisado. Até o dia 13 de maio, foram computadas 265 mortes pelo crime, uma redução de 81 vítimas, o que corresponde a 24%. No entanto, a situação é inversa quando é verificada a quantidade de feminicídios em Santa Catarina.

Nos primeiros 132 dias do ano, dados apresentados pela Secretaria de Segurança Pública do Estado mostram que o número de mulheres assassinadas dobrou em comparação com o mesmo período de 2018. Em 2019, já houve 26 vítimas, enquanto em 2018 eram 13 até o momento.

Quer receber as notícias no WhatsApp?