Foto: Ilustrativa/Divulgação
Foto: Ilustrativa/Divulgação
Na tarde de ontem, após sessão do tribunal do júri, ocorrida em Jaraguá do Sul, foi condenado Alexandro dos Santos. Ele estava preso desde o ano passado, quando tentou matar a sua ex-mulher. O desentendimento ocorreu quando o homem chegou na casa da ex-companheira e flagrou ela, e seu filho, na companhia de outro homem. Enfurecido, o homem teria tentado esfaquear a mulher, que se defendeu e teve cortes nas mãos.
Após sessão do júri, o homem foi condenado por tentativa de homicídio com agravante baseado no feminicídio, e por motivo fútil. No total ele foi condenado a oito anos e dois meses de prisão em regime fechado, que deverão ser cumpridas no Presídio Regional de Jaraguá do Sul.  O crime foi duplamente qualificado pois no dia dos fatos ele também teria tentado esfaquear o irmão da vítima, que tentou intervir na briga. Segundo o promotor Márcio Cota, esse era o resultado esperado.