Um casal da Polícia Militar de Santa Catarina foi baleado durante um assalto em uma pizzaria da Zona Norte de Natal (RN). O crime aconteceu na noite desta segunda-feira (26) no conjunto Parque das Dunas. Segundo a PM, os dois foram socorridos, mas a policial não resistiu. Ninguém foi preso.

Quer receber as notícias do Jornal de Joinville? Basta clicar aqui

Segundo a PM, durante o assalto à pizzaria os dois ladrões armados perceberem a presença dos policiais, exigiram que os dois ficassem de joelhos e efeturaram dois disparos de arma de fogo em cada um.

O sargento Marcos Paulo da Cruz, 43 anos, foi atingido na região do ombro e está internado em situação estável. Já a soldado Caroline Plescht, 32 anos, foi atingida no peito, e acabou não resistindo aos ferimentos e morreu antes da chegada ao hospital. O casal residia na cidade de Chapecó.

Ainda de acordo com a polícia, os suspeitos chegaram em um carro e pararam o veículo próximo da pizzaria. Os criminosos abordaram os clientes e levarem o dinheiro do caixa. Testemunhas contaram à PM que os bandidos perceberam que o policial estava armado e começaram uma briga. Após atirarem no casal, os criminosos fugiram levando a arma do sargento.

A Polícia Militar de Santa Catarina (PMSC) divulgou nota lamentando "o fato de pessoas serem vítimas de homicídio pelo simples fato de terem escolhido a polícia como profissão".

A PMSC está deslocando o chefe de gabinete do Comando Geral e uma assistente social para fornecer suporte psicológico ao sargento Marcos Paulo da Cruz e tomar as medidas necessárias para o translado do corpo da soldado Caroline Plescht. Ao amanhecer desta terça-feira, um familiar da soldado Caroline e um familiar do sargento Marcos Paulo embarcam em Chapecó com destino ao Rio Grande do Norte.

Veja o vídeo divulgado pela PM:

https://youtu.be/cHUEK2Wq_Do

A policial Caroline

Nascida em Campo Grande (MS), a soldado Caroline Pletsch ingressou na Polícia Militar em outubro de 2013, fez o Curso de Formação em Chapecó e desde então trabalhou na capital do oeste. Ela atuava na radiopatrulha, atendendo as mais diversas ocorrências. Em sua ficha funcional constam pelo menos 13 elogios por bons serviços prestados, principalmente pela prisão de autores de tráfico, apreensão de armas, recuperação de veículos furtados e, também quatro elogios por ocorrências com dedicação além da média, que resultaram na prisão de assaltantes (autores de roubo).
O sargento Marcos Paulo
O Sargento Marcos Paulo possui mais de 22 anos de Polícia Militar, cerca de 20 elogios por bons serviços prestados e quatro medalhas. Atuou por muitos anos no canil do 2º batalhão, trabalhou também na radiopatrulha e ultimamente está comandando o grupo de Operações Preventivas, que diuturnamente luta por uma sociedade mais segura.