O 14º Batalhão de Polícia Militar (BPM), responsável pelo policiamento nas cidades de Jaraguá do Sul, Guaramirim, Schroeder, Massaranduba e Corupá, vai receber 22 novos soldados. A informação foi confirmada pelo comandante do batalhão, tenente-coronel Gildo Martins de Andrade Filho, nesta terça-feira (12). De acordo com Andrade, o número de novos policiais militares está muito aquém do número esperado para a região. “Se for confirmado esse número, virão oito policiais para Jaraguá do Sul, sete para Guaramirim, quatro para Massaranduba, dois para Schroeder e um para Corupá. É muito pouco. Nós esperávamos mais até em razão da deficiência do efetivo. Há muitos outros municípios que estão em uma situação bem pior do que a nossa, mas a nossa briga era justamente por causa da deficiência no número do efetivo”, ressalta o tenente-coronel. De acordo com o comandante do 14º BPM, um efetivo com um número adequado de policiais militares é essencial para manter os bons índices de criminalidade que a região apresenta. “É necessário para que não cheguemos na mesma situação de outras cidades. Aí, depois a gente tem que correr atrás quando já é tarde”, comenta.
De acordo com o comandante do 14º BPM, um efetivo com um número adequado de policiais militares é essencial para manter os bons índices de criminalidade que a região apresenta | Foto Renan Reitz/OCP
Um estudo técnico feito pelo 14º BPM e entregue para o Comando-geral da Polícia Militar apontou a necessidade da vinda de 40 policiais militares para a unidade. “Esse era o número para os cinco municípios. Iríamos fazer uma distribuição equitativa entre todos os municípios. Infelizmente, nós não conseguimos esse número. Na verdade, ficamos muito longe desse número”, avalia o comandante. Apesar do número de novos policiais militares ser pouco mais da metade do que foi pedido anteriormente pelo 14º Batalhão de Polícia Militar, o tenente-coronel afirma que os novos PMs terão o melhor aproveitamento no policiamento ostensivo da região. “Os policiais que virão serão empregados da melhor maneira possível. Talvez tenhamos alguns remanejamentos dentro da área do batalhão. Mas, a princípio, serão esses 22 policiais para os cinco municípios da forma como foi apresentado agora há pouco”, adianta Gildo Andrade.