Mais de 2 mil unidades consumidoras na região de Jaraguá do Sul ainda estão sem energia elétrica por causa do ciclone que passou por Santa Catarina na terça-feira passada (30). Os números são informados no portal das Centrais Elétricas de Santa Catarina (Celesc).

O município mais prejudicado é Massaranduba, que tem 1.035 unidades sem energia, o que representa 14,29% de todas as unidades do município. O prefeito Armindo Sessar Tassi destacou que a zona rural de Massaranduba foi bastante atingida.

"As estradas foram todas limpas pela Prefeitura na semana passada, agora a Celesc está trabalhando para levantar os diversos postes que caíram e prejudicou a distribuição de energia para os moradores do interior", comenta.

Em Corupá, das 6.886 unidades, 229 (3,32%) estão sem energia. Em Guaramirim, 448 unidades consumidoras estão com problemas, que representa 2,52% do total. Das 7.376 unidades de Schroeder, 99 (1,34%) está sem energia.

O município em melhor situação nesse quesito é Jaraguá do Sul. Apenas 252 de 74.266 unidades consumidoras ainda continuam sem energia elétrica. Isso representa 0.33% do total. É o único município em que mais de 99% das unidades consumidoras estão com energia elétrica.

Números na região de Jaraguá do Sul

Fonte Celesc

Situação no Estado

Até o momento, a Celesc restabeleceu 98% do sistema elétrico de Santa Catarina, após a passagem do “ciclone bomba”, na última terça-feira (30). Mais de 300 equipes, compostas pelos 1.300 trabalhadores estão nas ruas dia e noite.

O atendimento da Celesc ocorre em diferentes etapas. O primeiro atendimento é prestado pelas equipes emergenciais, equipadas em camionetes com cesto aéreo, e sua principal função é eliminar o risco de acidentes à população. Elas também conseguem solucionar situações de menor complexidade.

Já os casos mais complexos exigem atuação de equipes maiores, em caminhões com guindastes. São elas que substituem transformadores queimados, colocam postes danificados e reconstroem longos vãos de redes de distribuição.

Em momentos de calamidade, equipes de fiscalização também estão circulando para levantar a quantidade de material necessário para recompor a rede. Portanto, se uma equipe da Celesc esteve em uma localidade, mas o sistema não foi religado, é porque o serviço exige a presença de outra equipe especializada, que logo chegará, explica a Celesc.

 

Números em Santa Catarina

  • Total de unidades consumidoras: 3.187.165
  • Fornecimento normal: 3.134.488 (98,35%)
  • Sem energia: 52.677 (1,65%)

 

Receba as notícias do OCP no seu aplicativo de mensagens favorito:

WhatsApp

Telegram Jaraguá do Sul