A comunidade do bairro Ribeirão Cavalo, em Jaraguá do Sul, aguardava ansiosamente pela conclusão das obras do Centro Municipal de Educação Infantil Gustavo Mathedi, que vai ser inaugurada oficialmente no dia 26 de julho. Porém, os trabalhos na unidade já começaram no dia 8 de julho.

De acordo com a diretora do CMEI Marlene Gelinski Tissi, atualmente o local está com 51 crianças distribuídas em três turmas de berçário 1 e 2 e maternal 2 misto. Porém, esse número vai aumentar depois do recesso escolar.

"Já fizemos as transferências e teremos mais 53 crianças de pré 1 e 2", destaca a diretora.

Marlene afirma que a unidade tem capacidade para receber de 180 a 200 crianças, mas garante que este ano o número total não será fechado. A diretora comenta que o CEI tem atualmente 18 funcionários, mas quando atingir a capacidade máxima, precisará de apoio de aproximadamente 30 pessoas.

O secretário Municipal de Educação Rogério Jung, destaca que esta obra vai ajudar a suportar a fila de espera na educação infantil, que segundo ele, não vai parar de aumentar mesmo que novas unidades sejam abertas.

A unidade fica na rua Rua Belarmino Garcia – junto ao Condomínio Érika Modrock Menegotti. No local também está instalado o Centro de Referência de Assistência Social (Cras) Ribeirão Cavalo e o posto de saúde do bairro. A inauguração oficial das três unidades será no dia 26 de julho, às 9h.

Jaraguá do Sul procura comprar vagas na educação infantil

Buscando diminuir a fila de espera na educação infantil, em maio a Prefeitura de Jaraguá do Sul abriu edital para credenciamento de instituições para atender 200 crianças. Porém, o secretário Municipal de Educação Rogério Jung, relata que até o momento, apenas uma unidade se interessou no edital.

Jung enfatiza que a Prefeitura não quer preencher as 200 vagas somente com uma unidade, mas entende que todos os cantos da cidade estão com demanda de vagas na educação infantil.

"As unidades podem fornecer uma, 10, 20 vagas. Queremos conseguir vagas para toda Jaraguá do Sul e quem tiver espaço pode se cadastrar", destaca.

O único Centro de Educação Infantil que procurou a Prefeitura queria 75 vagas, mas Jung relata que a comissão da secretaria avaliou que o local não tem essa capacidade, já que está fazendo uma ampliação que ainda não está pronta - por isso, a unidade vai ficar com cerca de cinco vagas.

 

Receba as notícias do OCP no seu aplicativo de mensagens favorito: 

WhatsApp  

Telegram  

Facebook Messenger