Saem os uniformes amarelos, entram os agasalhos vermelhos. Os monitores contratados pela empresa Rizzo Parking and Mobility estão sendo treinados para a retomada da Zona Azul nas ruas de Florianópolis.

Os trabalhadores realizam ações educativas e orientando a população sobre como deve funcionar o serviço de cobrança de estacionamento em áreas públicas da cidade, que está desativada desde setembro de 2019, após denúncias de irregularidades contra a empresa Dom Parking.

A recomendação é seja baixado o aplicativo da Rizzo Parking, mas os créditos também poderão ser comprados no site da empresa, além de pontos de vendas e com os monitores.

A cobrança deve iniciar dia 24 de agosto, ao valor de R$ 2,00 por 1 hora para carros e R$ 1,00 para motos. Atualmente, foram contratados 44 profissionais que vão trabalhar na gestão do estacionamento. Mais profissionais devem ser chamados para cadastro reserva.

A prefeitura alerta para que ninguém faça pagamentos ou pegue informações com quem não esteja uniformizado com os agasalhos vermelhos da nova empresa.

O contrato emergencial firmado com a prefeitura da Capital, por intermédio da Secretaria de Mobilidade e Planejamento Urbano, prevê inicialmente a gestão de cerca de 2.400 vagas na região central.

Créditos ativos

De acordo com informações, a Rizzo Parking já conseguiu acesso à base de dados relacionados aos créditos ativos e aguada parecer jurídico para validar a ativação e utilização desses dados para que esteja disponível para os usuários que têm esses créditos.

A empresa, porém, ainda não sabe precisar quando será essa validação e disponibilização para quem tinha os créditos ativos, mas trabalha para que esteja disponível o mais rápido possível.

Ainda nesta quinta-feira (30), a prefeitura vai lançar o edital de credenciamento dos pontos de venda dos créditos.

Receba as notícias do OCP no seu aplicativo de mensagens favorito:

WhatsApp