FOTO: Patrícia Valério Divulgação CMF
FOTO: Patrícia Valério Divulgação CMF
 
Um encontro dos integrantes da Frente Parlamentar de Desenvolvimento Econômico de Florianópolis com a promotora Rosângela Zanatta, no Ministério Público, para tratar da Lei de Incentivo Fiscal ao Programa Municipal de Incentivo à Inovação e Cultura foi realizada ontem na Capital.
Rosângela reconheceu a força do setor de tecnologia, que representa mais de 50% da arrecadação municipa e se comprometeu a elaborar um parecer com orientações de como proceder nessa questão.
O presidente da Frente Parlamentar de Desenvolvimento Econômico de Florianópolis, vereador Miltinho Barcelos (DEM) acredita que o posicionamento do Ministério Público vai levar em consideração tamanha relevância do setor de tecnologia, inovação e cultura, tão importantes para a economia da capital catarinense.
Participaram da reunião no Ministério Público Associação Catarinense de Tecnologia (Acate), Sindicato das Empresas de Informática Florianópolis (Seinflo), Associação Comercial e Industrial de Florianópolis (ACIF), Câmara de Dirigentes Lojistas de Florianópolis (CDL) Conselho Regional de Contabilidade de Santa Catarina (CRC) e Floripa e Região Convention & Visitors Bureau. O Poder Executivo também participou com a presença de dois ficais da Secretaria da Fazenda, o secretário de desenvolvimento, o superintendente de inovação e o subprocurador do município. Do legislativo, também participou o Vereador Lela (PDT), acompanhado de representantes do setor cultural da cidade.