Os secretários de Saúde das 12 cidades da Associação dos Municípios da Região Carbonífera (AMREC), que compõem a Comissão Intergestores Regional de Saúde (CIR-Carbonífera), estiveram reunidos, presencial e também virtualmente, na tarde desta terça-feira.

Foi determinado que os atendimentos, médicos e odontológicos, nas unidades de saúde municipais, sejam prioritariamente aos pacientes de urgência, pré-natal e síndrome gripal.

A medida começa a valer a partir de quinta-feira, dia 26, até o dia 10 de dezembro.

Segundo a coordenadora da CIR-Carbonífera e secretária de saúde de Nova Veneza, Maristela Vitali Cunico, a ação é necessária devido aos altos números de contágio e casos ativos de Covid-19 na região.

“Exames de rotina e outras questões podem esperar. Pedimos à população que realmente tenha o maior cuidado e evite se deslocar às unidades de saúde neste momento”, orienta.

Maristela ainda chama atenção para os sintomas de coronavírus, que devem ter a procura precoce de ajuda médica para que sejam tratados adequadamente.

Fiscalização

Outro aspecto levantando é com relação a intensificação das fiscalizações.

“Vamos intensificar, em conjunto com outros órgãos, o cumprimento das medidas de segurança em bares, restaurantes, lanchonetes, pubs, eventos e igrejas. Precisamos redobrar os cuidados para manter a segurança” reforça Maristela.

 

 

 

Quer mais notícias do Coronavírus COVID-19 no seu celular?

Mais notícias você encontra na área especial sobre o tema:

Receba as notícias do OCP no seu aplicativo de mensagens favorito:

WhatsApp

Telegram Jaraguá do Sul