O município de Criciúma recebeu pela primeira vez a vacina ACWY para rede pública.

O imunobiológico serve contra meningites e doenças meningocócicas, que causam infecções generalizadas.

A Secretaria de Saúde recebeu mil doses.

Seguindo a determinação do Ministério da Saúde, a faixa etária contemplada na cidade será de 11 e 12 anos.

Para crianças, a vacina aplicada segue sendo a Meningocócica C, já disponível na rede pública e feita em três etapas.

A primeira delas, aos três meses de vida, a segunda, aos cinco e, o reforço, com um ano completo.

“É importante destacarmos que a classificação de faixa etária é definida pelo Ministério da Saúde, baseada em estudos. Há tempos esperávamos por essa vacina, que nos ajudará ainda mais no combate a essas doenças”, destaca a técnica em Enfermagem do Setor de Imunização do município, Kelli Barp Zanette.

As doses já estão disponíveis em salas de vacinação do município, porém a Secretaria de Saúde reforça que as normas de prevenção à Covid-19 devem ser respeitadas, para evitar aglomerações.

“Estamos com equipes e estruturas organizadas para recebermos os que contemplam esse grupo. Pedimos que as pessoas respeitem essa faixa etária e assim que outras forem contempladas nós comunicaremos”, frisa Kelli.

De acordo com o Setor de Agravos da Vigilância Epidemiológica de Criciúma, as doenças meningocócicas podem causar infecção generalizada, cegueira, transtorno neurológico e levar a óbito.