Cuidar da pele, muitas vezes, é entendido como sinônimo de se besuntar de cremes e hidratantes. Mas existem “ferramentas” muito mais naturais e acessíveis para deixar o rosto radiante: alimentos. E não se trata aqui de ingredientes para colocar sobre a pele, como as famosas — porém pouco eficazes — rodelas de pepino. A comida que se ingere é um dos aspectos que mais influenciam a aparência de uma pessoa. “Um rosto só é, de fato, radiante e saudável se o alimentarmos com o combustível certo”, atesta Liz Earle, britânica especialista em produtos naturais para a beleza. Ela pontuou as cinco preocupações mais comuns em relação à aparência da pele e quais tipos de alimentos ajudam mais em cada caso. Confira: • Marcas de expressão É natural, e esperado, que as pessoas desenvolvam rugas finas ao longo da vida, conhecidas como marcas de expressão. Mas, para que esses sinais não fiquem tão evidentes, é recomendável ingerir gorduras “amigas” da pele, encontradas em óleos vegetais como azeite e na linhaça. Liz sugere: “Tente adicionar uma colher (de linhaça) a sucos ou smoothies”. • Pele áspera e escamosa A recomendação para evitar esse problema é aumentar a ingestão de peixes oleosos, como arenque, sardinha, salmão e atum. • Zona oleosa T Além de reduzir a ingestão de açúcar, a especialista recomenda uma dieta rica em alimentos alcalinos. Segundo ela, aspargos, aipo e endívia, quando comidos junto com grapefruit ou limões, por exemplo, podem ajudar a manter sem excesso de brilho a área entre testa, nariz e queixo. • Inchaço A aparência de pele inchada é, muitas vezes, resultado da retenção de líquidos. Para contornar isso, alimentos diuréticos como o pepino e a chicória são uma grande solução. • Área escura sobre os olhos Beber muita água — pelo menos um litro e meio por dia — é um dos principais trunfos para combater o escurecimento da região logo abaixo dos olhos. Mas Liz também sugere uma receita que promete realmente banir as olheiras: “Experimente os alimentos ricos em potássio e magnésio — especialmente os verdes frondosos, como a acelga, o repolho escuro e a couve — juntamente com abóboras, batata doce, frutas cítricas e mamão. Essa combinação é excelente”, diz ela. Fonte: Agência Brasil