Cinco empresas participaram da licitação da obra de pavimentação da estrada Bananal do Sul, em Guaramirim, realizada nesta sexta-feira (31).

Segundo informações da Prefeitura, uma delas foi inabilitada por problemas na documentação. Por conta disso, a empresa poderá entrar com recurso até o dia 10 de setembro, o que deve atrasar o início da obra.

Após a data, as demais empresas terão mais cinco dias para dar entrada em um contra-recurso. A documentação ainda segue para análise da comissão da licitação e do prefeito, que darão a decisão sobre o recurso.

A abertura das propostas só poderá ser efetuada depois da conclusão dos trâmites. A estimativa da Prefeitura é que isso ocorra após o dia 21 de setembro. Dessa forma, somente no fim do mês a empresa vencedora da licitação será divulgada.

Projeto

A obra da estrada Bananal do Sul está estimada em R$ 8,5 milhões e prevê a pavimentação de 7,6 quilômetros, com acostamento, ciclovia, iluminação de LED, deslocamento de postes de energia e deslocamento da tubulação de água.

De acordo com o prefeito Luís Antônio Chiodini, a obra representa a maior pavimentação que Guaramirim já recebeu e a maior operação de crédito do município.

Quer receber as notícias no WhatsApp?