Filme conta a história do clube que completa 45 anos em 2018 | Foto: Divulgação

Filme conta a história do clube que completa 45 anos em 2018 | Foto: Divulgação

O Brasil acordou em meio a muitas lágrimas no dia 29 de novembro de 2016. Sensação do futebol nacional e um time que ganhou a simpatia dos brasileiros, amantes de futebol ou não, de norte a sul, a Chapecoense embarcou em São Paulo rumo à Colômbia disposta a conquistar a América, assim como já havia conquistado o Brasil.

O vídeo da comemoração com o emblemático e eterno “Vamo, vamo Chape” expressava a alegria dos jogadores que levaram o time de Chapecó a um patamar jamais imaginado na curta história do clube que, neste 2018, completa 45 anos.

Aquela alegria se transformou em dor quando o avião que levava a delegação caiu na cidade de La Unión, próximo a Medellín, na Colômbia, onde o time disputaria sua primeira final continental.  Das 77 pessoas a bordo, 71 morreram.

No ano em que completa 45 anos, a Associação Chapecoense de Futebol ganha um documentário independente para contar sua história.

Seria natural um clube querer comemorar, mostrando as conquistas dentro de campo e as campanhas vitoriosas, especialmente no caso da “Chape” que saiu da quarta divisão para a elite do futebol nacional e lá se manteve com campanhas expressivas até chegar à final da Copa Sulamericana.

Mas o documentário fala menos de futebol e mais da relação da torcida com o clube, da tragédia que abalou o mundo e do renascimento do clube e da cidade após o acidente.

Em 74 minutos, relatos dos sobreviventes emocionam, cenas da torcida que abraçou e acolheu o time nas vitórias e na despedida, o momento histórico do jogo contra o Barcelona narram a história do clube. Feito de maneira independente, o documentário chega aos cinemas com quase um ano de atraso.

No ano passado, a Afav-C (Associação dos Familiares das Vítimas do Voo da Chapecoense) barrou a exibição do filme que, originalmente, se chamaria “O Milagre de Chapecó“.

O acordo entre todas as partes envolvidas foi firmado em maio deste ano, liberando assim a exibição do filme que, em Jaraguá do Sul, está em cartaz em três horários.

Veja a programação no cinema de Jaraguá do Sul

Para sempre Chape

  • Gênero: Documentário;
  • Duração: 74 minutos;
  • Censura: Livre;
  • Horários: 2D – Dublado: 19h30 / 21h20 - 2D – Dublado: 17h40 (sexta-feira, sábado, domingo e quarta-feira).

Quer receber as notícias no WhatsApp?