Circulam nas redes sociais nas últimas horas o vídeo da vacinação contra Covid-19 de uma idosa na cidade de Araranguá que tem gerado indignação em muitas pessoas. Na imagem, é possível ver que um profissional de saúde introduz a agulha no braço da mulher, mas não aperta a seringa, ficando o líquido da dose sem ser aplicado.

Em nota, a Administração Municipal de Araranguá manifestou repúdio sobre o ato praticado, segundo a Prefeitura, por um acadêmico de medicina que trabalhava como voluntário aplicando as doses.

A Prefeitura afirma ainda que se compromete em "fazer este indivíduo responder por suas ações e a quem mais couber responsabilidade se a denúncia se confirma", conforme diz a nota enviada.

Confira o texto da nota na íntegra:

É com indignação que a Administração Municipal de Araranguá vem a público manifestar primeiramente seu repúdio ao ato praticado pelo acadêmico de medicina e enfermeiro que se voluntariou à nossa equipe para aplicação da vacina contra covid-19 e que supostamente foi flagrado em ação que forjava a vacinação.

Além se desrespeitar a nobre ciência da medicina, usou da confiança de sua universidade e de nossa administração para a vacinação. Desde já nos comprometemos a fazer este indivíduo responder por suas ações e a quem mais couber responsabilidade se a denúncia se confirmar.

Num momento de tantas perdas, distanciamentos, sacrifícios e trabalho duro, é inacreditável que alguém use do privilégio de salvar vidas, para colocá-las em risco.

Assista ao vídeo que mostra a ação do estudante: