Na primeira noite da etapa emergencial da ação de inverno, realizada ontem (27) pela Prefeitura de Joinville, 27 pessoas em situação de rua foram acolhidas no Ginásio Abel Schulz.

Desse total, 17 chegaram espontaneamente ao local, quatro foram conduzidas pela comunidade e outras seis foram encaminhadas pelos serviços de apoio dos Bombeiros Voluntários de Joinville e Samu.

Ao chegarem ao local, as pessoas foram acolhidas pela equipe da Secretaria de Assistência Social (SAS), sendo que algumas já possuíam cadastro por serem atendidas pelo Centro POP.

Em seguida, receberam novas peças de roupa, kit de higiene e jantar. Pela manhã, foram liberados após o café.

O abrigo no Ginásio Abel Schulz será mantido até domingo (1 de agosto), das 18h às 8h, com capacidade de atendimento para até 100 pessoas. As pessoas acolhidas também podem levar os seus animais de estimação, que ficarão acomodados em um local especialmente preparado para os bichinhos.

De acordo com a secretária de Assistência Social, Fabiana Cardozo, a primeira noite de atendimento no Ginásio Abel Schulz correu de forma tranquila e atendeu às expectativas da equipe. Para os próximos dias, a perspectiva é que o número de acolhidos aumente.

Outro ponto destacado pela secretária foi o espírito de solidariedade entre as pessoas que colaboraram: “Ficamos surpresos com a quantidade de envolvidos na ação, foram cerca de 40 pessoas, entre servidores municipais e voluntários”.

Rede de apoio

Além do abrigo instalado no ginásio, a Secretaria de Assistência Social também oferece atendimento em outras instituições que compõem a sua rede de apoio.

Na casa de passagem Vó Joaquina, além dos 16 usuários acolhidos atualmente, em caráter permanente, outras 30 vagas foram abertas exclusivamente para o pernoite de pessoas em situação de vulnerabilidade. O mesmo número de vagas extras foi aberto na Comunidade Eis-me Aqui.

Doações e situações de emergência

Quem deseja colaborar com a ação emergencial de inverno, pode fazer doações de colchões, cobertores, lençóis, travesseiros e fronhas.

Também há necessidade de roupas e agasalhos, principalmente vestuário masculino, incluindo meias e cuecas. Produtos de higiene pessoal e alimentos não perecíveis também podem ser doados.

Os donativos podem ser entregues diretamente no Ginásio Abel Schulz (rua Rio Branco, 54, Centro, em frente ao Terminal Central de ônibus).

Para situações de emergência, a orientação é entrar em contato como Samu, pelo telefone 192.