O Sindicato dos Médicos da Região Sul Catarinense (Simersul) registra sua imensa preocupação com a necessária e urgente vacinação dos médicos e dos profissionais da saúde que não receberam ainda a primeira dose do imunizante contra a Covid-19.

Apoiando e acompanhando o Plano de Imunização do Estado, as instituições da área médica, que integram o Conselho Superior das Entidades Médicas do Estado de Santa Catarina (Cosemesc), pedem uma atenção especial àqueles que há quase um ano atendem à população em meio à pandemia do novo coronavírus, expondo-se diariamente à grave doença, das mais variadas formas, seja na linha de frente das emergências, nas Unidades de Terapia Intensiva (UTIs), nos hospitais, clínicas, consultórios e postos de saúde de todos os portes.

A vacinação de médicos e profissionais da saúde não apenas os protege da contaminação do vírus, como também permite a manutenção da assistência de toda a população, no diagnóstico e tratamento da Covid-19 e de todas as demais doenças.

Na certeza de que serviços dessa natureza não podem ser interrompidos ou prejudicados, as entidades pedem agilidade por parte do Governo do Estado e das prefeituras municipais na estratégia de imunização junto aos médicos e profissionais da saúde, para que sigam no valoroso trabalho na defesa da vida dos catarinenses.

  • COSEMESC – Conselho Superior das Entidades Médicos do Estado SC
  • ACM – Associação Catarinense de Medicina
  • ACAMESC – Academia de Medicina do Estado SC
  • CRM-SC – Conselho Regional de Medicina do Estado
  • SCSIMESC – Sindicato dos Médicos do Estado SC
  • SIMERSUL – Sindicato dos Médicos da Região Sul Catarinense