A Defesa Civil de Corupá está em estado de alerta com o volume de chuva registrado na cidade e região até a manhã desta sexta-feira (19).  Desde às 5 horas,  o diretor da Defesa Civil, Claudio Siqueira, está monitorado o nível dos rios que cortam Corupá, assim como observa a situação das encostas. Os rios Novo e Ano Bom, que formam o rio Itapocu, chegaram a ter o nível aumentado em cerca de 1,5 metro até o começo desta manhã. Durante a manhã, Siqueira e outro servidor da Secretaria de Infraestrutura de Corupá percorreram bairros e localidades do interior do município para constatar se havia risco de alagamentos ou deslizamentos. "O maior volume de chuva em nossa cidade foi na noite de ontem e madrugada de hoje.  Agora no fim da manhã que a chuva começou a ficar mais fraca, o volume dos rios deve se estabilizar. Alertamos a população para que nos acione em caso de risco de alagamentos ou deslizamentos" , completa. O telefone para contato com a Defesa Civil de Corupá é o 47/3375-3559.   Em Jaraguá do Sul, Rio da Luz e Garibaldi foram os bairros mais afetados O diretor da Defesa Civil de Jaraguá do Sul, Hideraldo Colle, fez há pouco um balanço da chuva no município, que nas últimas 24 horas chegou a cerca de 100 milímetros. Segundo Colle, os bairros mais atingidos foram Rio da Luz e Garibaldi. Uma ponte de madeira perto da escola Henrique Heise foi interditada por precaução, pois em função do excesso de chuva houve deslocamento da cabeceira. Mas Colle diz que há outros acessos. Também houve interdição na rua Ervin Rux e três escolas do município tiveram as aulas suspensas. A Defesa Civil tranquiliza a população e diz que não houve nenhuma família atingida e nenhum deslizamento, mas a qualquer sinal de alerta, que a pessoa deixa o local e ligue para o telefone 199. Em Massaranduba, as escolas estaduais Maria Konder Bornhausen e Felipe Manke também tiveram as atividades suspensas.