Até a tarde desta segunda-feira, Criciúma havia batido o recorde de notificações de óbitos pela Covid-19, em 24 horas.

Houve registro em hospitais, mas também de morte em residência.

Entre as seis últimas vítimas do novo coronavírus, estão quatro moradores da cidade e dois residentes em outros municípios que estavam internados para tratamento em hospitais criciumenses.

Dois deles não tinham comorbidades.

Um dos óbitos ocorreu na sexta, mas foi notificado nesta segunda após confirmação do exame.

Criciúma contabiliza, até a momento, 27 mortes por conta da pandemia.

Casos

  • Na noite de ontem, a vítima foi um homem de 76 anos, com comorbidades, que estava internado em UTI desde o dia 3.
  • Nesta segunda, a Vigilância Epidemiológica confirmou que, um homem de 69 anos, e sem comorbidades, que veio a óbito na sexta, estava positivado. Ele morreu em casa.
  • Nesta segunda, uma mulher de 60 anos, com comorbidades, e que estava internada em UTI desde o dia 9, não resistiu ao novo vírus.
  • Outra vítima trata-se de uma mulher, de 67 anos, e sem comorbidades. Ela faleceu logo após dar entrada em unidade hospitalar.
  • Também nesta segunda, dois pacientes, de 67 e 76 anos, residentes em outros municípios, vieram a falecer em Criciúma. Eles estamos desde sexta-feira na UTI.

 

Quer mais notícias do Coronavírus COVID-19 no seu celular?

Mais notícias você encontra na área especial sobre o tema:

Receba as notícias do OCP no seu aplicativo de mensagens favorito:

WhatsApp

Telegram Jaraguá do Sul