Para a maioria das pessoas, um café da manhã ou lanche completo e saboroso precisa ter uma xícara de café. A bebida de gosto marcante e aroma característico é uma paixão mundial, sendo a segunda mais consumida, atrás apenas da água. Seja expresso, cappuccino ou gelado, o bom cafezinho é uma das opções mais pedidas dos cardápios da maioria das cafeterias, padarias e confeitarias.

Apesar de ser consumido e apreciado em diferentes culturas, é comum que a maioria das pessoas não saiba algumas curiosidades sobre o café, como qual é o país de origem do grão e de qual fruta ele vem. Veja algumas informações curiosas que talvez você não saiba sobre a bebida:

1- O café, na verdade, é uma cereja

Foto: banco de imagens / Pixabay

Os grãos que geralmente são usados para preparar um bom café são, na verdade, sementes torradas de um fruto, que geralmente é chamado de grão cereja ou cereja de café. Ao morder a cereja, se encontra duas sementes com os lados achatados.

Já em algumas poucas plantas de café, 5%, de acordo com a Associação Nacional do Café dos Estados Unidos (NCA), existe uma semente chamada moca, que tem formato oval. As mocas são selecionadas manualmente e conhecidas por ter um sabor mais marcante e forte.

2- Cabras ajudaram a descobrir o café

Foto: banco de imagens / Pixabay

Saber a origem exata do café é uma tarefa complicada, mas muitos estudiosos acreditam que ele surgiu por volta do século IX, na Etiópia. A lenda mais famosa sobre a origem é a de Kaldi, um pastor de cabras que viveu no lugar e notou que o seu rebanho ficava mais ativo e alegre após comer alguns frutos desconhecidos e avermelhados.

Ele levou a descoberta a um grupo de monges, que perceberam que o fruto poderia ser transformado em uma bebida quente para mantê-los acordados e motivados a fazer orações. A lenda diz que a prática ficou famosa pela região e passou a ser cada vez mais praticada pelos moradores locais.

3- Como surgiu o costume de consumir a bebida?

Foto: banco de imagens / Pixabay

A tradição desenvolveu-se de diferentes formas ao redor do mundo. Para os árabes, o consumo estava relacionado com as propriedades estimulantes dos frutos. Atualmente, se reunir para consumir a bebida é um hábito que une muitas pessoas de diferentes culturas e idades.

Com as primeiras cafeterias e padarias, o consumo ganhou um aspecto social e esses lugares se tornaram pontos de encontro para fazer negócios ou ter momentos de lazer.

Na Europa, também se relaciona a bebida com encontros sociais, pois era considerada de prestígio na sociedade, consumida por pessoas de alto poder aquisitivo. Foi em Veneza que surgiu o hábito de coar o café e acrescentar leite.

4- Existem dois tipos de grãos

Foto: banco de imagens / Pixabay

Ao tomar um cafezinho, você está consumindo grãos que podem ser de duas espécies: Arábica ou Robusta. O Arábica vem das plantas de café originais e descobertas na Etiópia e tem um sabor mais suave, sutil, além de ser mais caro e popular, representando aproximadamente 70% da produção mundial.

O Robusta tem um sabor mais amargo, o dobro de cafeína e é usado principalmente em blends e cafés instantâneos. É cultivado na África Central e Ocidental, partes do Sudeste Asiático, como Indonésia e Vietnã, e no Brasil.

5- A bebida tem benefícios, mas não exagere

Foto: banco de imagens / Pixabay

Sabe-se que o exagero no consumo de café pode provocar taquicardia, problemas para dormir e escurecimento dos dentes. Apesar disso, a bebida tem vários benefícios que podem ser muito aproveitados, quando o consumo é feito com moderação.

Pode ser usada como um método para aumentar os níveis de energia e melhorar o desempenho em esportes, por exemplo. Além disso, de acordo com pesquisas de várias instituições, o café auxilia o coração, reduz o nível de açúcar no sangue e diminui os riscos de desenvolver doenças neurodegenerativas.

Acesse o site do Sete Melhores e conheça os melhores estabelecimentos do ramo em Jaraguá do Sul.

Arte: Adam Veiga

Em Jaraguá do Sul, é comum o hábito de marcar um encontro para tomar um cafezinho, seja para fechar um negócio, rever um amigo especial ou apenas para botar o papo em dia. A região tem várias padarias e cafeterias que contam com cardápios especiais cheios de opções da bebida, além de pratos que podem ser combinados, como pães de queijo e bolos, os maiores companheiros de um café quentinho.